gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Certificação Linux economiza tempo e dinheiro
Contribuído por scorpio em 22-03-01 15:33
do departamento certified-tux
Linux Michele Rangel escreve "Krissi Danielsson, do NewsForge, entrevista aqui o presidente da Sair Linux e ele explica porquê é uma ótima idéia obter certificação Linux. "Nos próximos dois anos, haverá uma exagerada demanda por profissionais Linux", diz Tobin Maginnis, presidente do Sair Linux e Certificado GNU. Leia mais em LinuxBrasil. "
[scorpio: Acham que a certificação também se aplica a Software Open-Source? É uma polémica interessante...]

JetNet 2001, the winner is... | Redhat melhor do que se esperava  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Michele Rangel
  • aqui
  • LinuxBrasil
  • Mais acerca Linux
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Certificação? Porque não? (Pontos:2)
    por vaf em 22-03-01 23:56 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    Acham que a certificação também se aplica a Software Open-Source? É uma polémica interessante...

    Acho que sim. Não vejo porque razão possa ser condenável uma certificação numa tecnologia em particular, pelo simples facto de ser livre. Talvez até tenha mais interesse dado ser mais fácil comprovar a sua isenção e qualidade. Acho que uma certificação deve ser feita por uma entidade independente do objecto da certificação. Não é o caso nem da MS (a própria certifica em produtos seus) nem da IBM, mas unicamente da 'Sair' e do 'LPI'.

    Aqui, é suposto a certificação corresponder de facto a uma dose de conhecimentos apreciável e de qualidade. Nós (os do Linux) que estamos habituados a ver cada grunho que se nos aparece com um MCSE, automaticamente pensamos que todos esses programas de certificação proprietários são uma fantochada e só servem para os engravatados que pensam que percebem de computadores, sacarem ao patrão mais umas coroas por mês.

    Nós, os do Linux podemos também ter essa certificação que nos permita atestar os nossos conhecimentos na matéria. Mas nós (os do Linux), nós temos um certificado honesto e comprovável, e não um atestado de saber carregar em botões. :-)

    Sim, vejo com bons olhos um programa de certificação de Linux, desde que independente de distribuições ou empresas relacionadas.

    Já agora, queria deixar uma palavrinha de desagrado pelo Brasilês da notícia e da irritante publicidade (dissimulada com propósitos) que se repete ad eternum, àquele outro site. Não quero ser chato, mas desagrada-me, acho feio. Posso? :-)
    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Re:Certificação? Porque não? (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 23-03-01 10:19 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Concordo contigo em relação às certificações. Adorei a descrição dos MCSEs, pelo menos da maioria deles. Pelo menos dos que usam gravata. :) (conheço um MCSE que anda de t-shirt e até percebe daquilo...)

    Acho que uma certificação Linux, *SE FOR BEM FEITA*, permitirá separar de alguma forma os "real sysadmins" dos putos que instalaram um Red Hat e agora acham que são grandes h4x0rs (or something).

    Não gostei é do teu comentário em relação aos brasileiros. Se por um lado não gostaria de ver, por exemplo, numa revista supostamente portuguesa, artigos em brasileiro, acho que essa comparação é errada. Os posts no Gildot são mais como pessoal a escrever cartas para a suposta revista, e não se pode esperar que alguém escreva numa "versão da língua" diferente daquela que aprendeu e sempre falou. Aposto que quando um português vai a um fórum brasileiro e escreve lá algo não é logo "flamed" até à morte.

    Quanto a essa da "publicidade"... francamente. Quanto aqui alguém começa um post com "vi no ./ ..." também é "publicidade dissimulada com propósitos" ao Slashdot?

    "How are you gentlemen !!
    All your base are belong to us." - Cats, "Zero Wing"
    Re:Certificação? Porque não? (Pontos:2)
    por vaf em 23-03-01 18:12 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    não se pode esperar que alguém escreva numa "versão da língua" diferente daquela que aprendeu e sempre falou

    Claro que não! O que me incomoda é a constante injecção de notícias em estilo jornalístico, que acabam invariavelmente em "Veja mais em LinuxAliança/LinuxBrasil". Pura e simplesmente incomoda-me.

    Em toda a web se faz publicidadezinha. É um estilo inofensivo - até porque só clica quem quer - que não chateia. Não chateia quando é uma vez ou outra. Mas quando é continuada, torna-se irritante, pelo menos para mim. Eu sei que não tem mal, mas é um "puxar a brasa à sardinha" que não tem necessidade.

    O Gildot e fóruns como este vivem das contribuições desinteressadas com o único objectivo da partilha da informação, e isso não se coaduna com o estilo neo-jornalístico destes artigos. Não me incomoda ver comentários, ou mesmo as notícias em Português do Brasil, mas sim o estilo de "vejam isto tão giro! Sabem de onde é? É nosso, venham cá ver!" que se estabelece ao fim de vários artigos.

    Não critico, apenas disse que me incomodava. Não tenho nada contra os senhores.

    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Re:Certificação? Porque não? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 23-03-01 14:41 GMT (#3)
    Bem... eu sou um utilizador de Linux já desde 1994 (slackware), e por acaso agora estou a fazer uma certificação MCSE e tenho a dizer que fui para lá com a ideia apenas de tirar a certificação por causa de currículo, mas afinal até já aprendi muita coisa, algumas relacionadas com o Win2000 em si, outras relacionadas com TCP/IP, routing, e redes em geral. Por isso não posso dizer mal dos cursos de MCSE, porque acreditem, vale a pena. E não... não uso gravata, nem fato :PPPPP
    Re:Certificação, fatos e gravatas (Pontos:1)
    por McB em 23-03-01 16:44 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Acho que já chega de tanta crítica em relação ao traje apresentado!
    É um fato que faz de nós um "Mouse Clicking Software Engineer"? Ou é a atitude?
    Porque estou de fato/uso fato sou um ignorante e um submisso?
    Vemos os velhos do Restelo a dizerem mal desses "gajos que vão trabalhar de calças de ganga e barba por fazer" e criticamos os que fazem a barba e po&etilde;m gel no cabelo?
    E ao fim do dia? O gajo das calças de ganga trabalhou mais/melhor porque não tinha gravata?
    Oh please...
    Yours,
    McB!

    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux
    Re:Certificação, fatos e gravatas (Pontos:2)
    por vaf em 23-03-01 17:47 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    Não tem a ver directamente com o facto de se usar gravata. Claro que não! Mas que se torna uma descrição engraçada dos mouse-engineers, isso torna.

    Eu próprio até gosto de, nas alturas apropriadas, usar o meu fatinho. Acho que fica bem e não é necessariamente sinal de hipocrisia.

    O que me irrita é aqueles recém-licenciados que se acham donos do mundo, que pensam que são melhores que outros apenas porque usam gravata. Isso não!

    Resumindo: é a atitude.

    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Re:Certificação, fatos e gravatas (Pontos:1)
    por [WaR] em 24-03-01 22:22 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.GenHex.org/
    > Vemos os velhos do Restelo a dizerem mal desses
    > "gajos que vão trabalhar de calças de ganga e
    > barba por fazer"

    Por acaso aqui há uns tempos achei curioso o comentário que um amigo meu, gestor e director de uma empresa, fez em relação a uns tipos que foram falar com ele para vender uma aplicação qualquer (não me recordo dos detalhes, nem interessa). Dizia ele que tinha desconfiado bastante deles, pois iam engravatados, e um tipo de informática que anda engravatado não tem ar de quem percebe muito daquilo.
    Serve isto para dizer que na minha opinião de facto os papéis, ou as opiniões começam a inverter-se, e tenho notado bastante isso, ou seja, pelo menos dentro da área da informática de facto começa-se a julgar as pessoas pelo que sabem MESMO e não por andarem de fato e gravata, ao ponto de se começar a associar alguém que de facto é informático (consultor, analista, programador, whatever) a um tipo de t-shirt e calças de ganga, e a desconfiar dos tipos engravatados (geralmente comerciais q não vêem um boi daquilo)...

    E ainda bem :)

    -- [WaR], "um consultor/analista de t-shirt, calças de ganga, cabelo comprido e um piercing na orelha"
    ACKnowledge my SYNs
    Re:Certificação, fatos e gravatas (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 25-03-01 12:52 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    E ainda bem :)

    Concordo! :) Tenho notado, um pouco, a mesma coisa. Realmente dá um bocado a ideia: com gravata -> comercial; sem gravata -> técnico. Sid Dabsters à parte. :)

    Se eu estivesse a decidir a contratação de alguém, não tomaria a minha decisão em função da roupa dos candidatos, mas acho que provavelmente começaria a entrevista mais desconfiado dos engravatados do que dos de calças de ganga. Ou seja, teriam mais trabalho a convencer-me de que são bons técnicos, e que só foram para a entrevista de gravata por temerem que eu (entrevistador) fosse um velho do restelo preconceituoso. :)

    [WaR], "um consultor/analista de t-shirt, calças de ganga, cabelo comprido e um piercing na orelha"

    Esqueceste-te da barba por fazer. :)


    "How are you gentlemen !!
    All your base are belong to us." - Cats, "Zero Wing"

    Re:Certificação, fatos e gravatas (Pontos:1)
    por [WaR] em 25-03-01 15:14 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.GenHex.org/
    > Esqueceste-te da barba por fazer. :)

    Fiz a barba ontem :)

    -- [WaR]
    ACKnowledge my SYNs
    Re:Certificação, fatos e gravatas (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 26-03-01 11:06 GMT (#11)
    Não há problema. Já risquei teu nome de uma possível lista de candidatos :).
    Re:Certificação? Porque não? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 24-03-01 0:38 GMT (#7)
    Utilizador do Linux desde 94? Slack? E só agora foste aprender MUITA coisa relacionada com TCP/IP, routing e redes em geral?

    Desiste do Linux!!! O windows foi feito pra ti :)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]