gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Bruxo...
Contribuído por BladeRunner em 17-02-01 11:02
do departamento como-se-chamava-aquela-distro-que-ia-ser-o-futuro-do-linux?
Notícias Segundo esta notícia do Expresso On.Line, o Competition Bureau do Canadá juntamente com o departamento de Justiça norte-americano, lançou uma investigação anti-monopólio à aliança Microsoft-Corel, nomeadamente no que toca à injecção de 29 milhões de contos da primeira sobre a segunda.
Pode ainda ler-se no artigo: "Os opositores do acordo acreditam que este investimento é uma tentativa da Microsoft de impedir a Corel de desenvolver programas competitivos na plataforma Linux, e, consequentemente, restringir o mercado do Linux.
[Aparte do editor: é impressão minha, ou 29 milhões de contos nesta indústria é uma mera esmola de pedinte de rua?]

Fim da nova economia! Despedimentos no Terravista | Usabilidade em Português  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • esta notícia
  • Expresso On.Line
  • Mais acerca Notícias
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Bem haja (Pontos:1)
    por jmce em 18-02-01 12:57 GMT (#1)
    (Utilizador Info)

    Tanta desconfiança... Coitados deles, tão conhecidos por ajudar os concorrentes a sobreviver. É apenas natural que como defensores da Inovação, da Competição e da American Way se prestassem a ajudar uma empresa concorrente detentora de uma package de software de "office" interessante. É também uma oportunidade única para ajudar o Linux. Seria difícil promover o Linux em contextos menos comerciais, dada a sua natureza.

    A benemerência da Microsoft tem alcance planetário. Tentou por exemplo ajudar a Coreia, mas os coreanos foram uns ingratos. Ao contrário de países como Portugal, que se esforçam por manter uma excelente reputação de hospitalidade. Brevemente numa televisão perto de si. Com incentivos fiscais e tudo. Nós é que somos uns porreiraços, ao contrário dos bárbaros coreanos. Até deixamos atrasar a flat rate, para não prejudicar a democratização do acesso anti-info-exclusão com caixinhas da PT, aproveitando para promover esse suporte tão necessitado de apoios que é a televisão.

    Bem haja.

    Re:Bem haja.. pois (Pontos:1)
    por jamaica em 19-02-01 19:38 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://ainda.nao.tenho
    por norma nao tenho o vicio de postar comentarios soh para confirmar a ideia original.. mas este senhor jmce disse-o muito bem. M$ sux e todos nos sabemos disso.

    long live GNU
    ---------------------

    do rio que tudo arrasta diz-se que é violento,

    mas ninguem diz violentas as margens que o oprimem

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]