gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
A Sociedade de Informação...
Contribuído por scorpio em 07-02-01 20:58
do departamento ideias-luminosas
Portugal mvalente escreve " Refere a Recortes que hoje estará para ser aprovado um decreto-lei que estabelece como válida a data de lançamento na Internet de um decreto-lei por substituição da data de emissão da versão em papel.
Sim, Sr, Srs ministros, a gente aplaude. Viva a Sociedade de Informação e o "modernismo".
[continua...]
Mas fica a pergunta: então e na realidade isso não diminui os "tempos de acção" do cidadão e das empresas ? E sendo que diminui, como é que é em termos de igualdade perante a lei, a situação de quem não tem acesso Internet ? Fica prejudicado ? Isso nao será inconstitucional ? E já agora, com tanto "modernismo", porque é que se continua a pagar 17 contos por ano para aceder aos Diários da Republica em forma electrónica ? Na versão em papel ainda se entendia (custos de produção e distribuição). Mas em versão electrónica ? Quem não pode (ou não quer) pagar, fica também desfavorecido em relação aos outros ? Aonde está a justiça de pagar por algo que somos obrigados a conhecer (as leis) e que já somos obrigados a pagar (com impostos) ?

As leis, Srs Ministros, os decretos leis e os Diários da Republica, são nossos. Dos portugueses. Pagava-se quando ainda havia uma ténue justificação. Recusa-se o pagamento quando a unica justificação é continuar a roubar os portugueses para suportar orçamentos cretinos.

E para que conste: considero direito meu ler gratuitamente os Diarios da Republica online, pelos meios que achar necessários. Hacking incluido.

Cumprimentos

Mario Valente "

Korn Shell - O próprio | Hipe  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • mvalente
  • Refere
  • Mais acerca Portugal
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Apoiado. (Pontos:1)
    por Tuaregue em 07-02-01 21:34 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Tens todo o meu apoio, só não chegaria a fazer Hacking para poder ler o Diário da República, pq tenho acesso a ele mas na forma mais tradicional, mas também não sou eu que o pago.
    Hacking? (Pontos:1)
    por b0fh em 08-02-01 1:05 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Cracking seria a palavra certa... No restante tens *toda* a razão!
    Alternativas? (Pontos:1)
    por cgd em 08-02-01 2:37 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://cgd.teleweb.pt

    Bem, esquecendo completamente a parte do diario da republica (porque a unica coisa que se retira, é que deveria ser gratuito), qual é mesmo o teu problema em relacao à medida anunciada?

    Nao deverá ir para a frente, é isso? Ou tinhas imaginado alguma alternativa melhor?

    Fiquei ainda com a sensação, que nao poderao haver quaisquer tipo de avanços a nivel de servicos via internet, enquanto todos (ou a maior parte, pelo menos), dos cidadaos não tiver acesso à internet, ou seja, voto electrónico, para ti, deve estar fora de questão...

    cya


    -- carlos

    Re:Alternativas? (Pontos:2)
    por mvalente em 08-02-01 12:23 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    É muito simples: a medida deve e devia ir em frente. Desde que o acesso electronico ao DR seja/fosse gratuito.

    Cumprimentos

    Mario Valente
    Protesto Flat Rate (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 08-02-01 13:56 GMT (#5)
    É só para lembrar que o Protesto Flat Rate está quase a reunir as 10.000 assinaturas, para serem entregues às entidades competentes.
    Se ainda não assinou este Protesto:
    PROTESTO.FLAT.RATE

    Re:Protesto Flat Rate (Pontos:2)
    por mvalente em 08-02-01 14:26 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    O protesto flat rate é uma estupidez. O flat rate é uma estupidez. Os governos que intervêm no mercado a prometer flat rates são estupidos. Quem exige o flat rate é estupido.

    O flat rate, a existir, devia ser como consequencia das regras de um mercado livre.

    Cumprimentos

    Mario Valente
    Re:Protesto Flat Rate (Pontos:1)
    por lsof em 08-02-01 17:22 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Falas à toa.

    enviando o primeiro parágrafo para /dev/null, sobra o matutado chavão:

    >O flat rate, a existir, devia ser como consequencia das regras de um mercado livre.

    Esqueces-te que no que diz respeito às telecomunicações em Portugal, mercado livre é uma ilusão.
    Flat-rate obriga o operador público a abdicar de lucros previamente assegurados pela falta de concorrência.

    Queres criticar o sistema monopolísta, critica. Agora criticares quem tenta lutar contra ele...

    Re:Protesto Flat Rate (Pontos:2)
    por mvalente em 08-02-01 19:50 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Acredita que nao falo à toa. Como alguem que criou um ISP que lidou diariamente com os atropelos da PT, não falo à toa. E isto numa altura em que não havia liberalização completa. E sem ter de ameaçar sair de Portugal, como outros.

    Por isso não me esqueço também que o mercado das telecomunicações não é livre. Aliás, é livre, mas não é justo.Mas a solução para o problema não passa pelo aceitar do berreiro sucia/colectivista/altruista do consumidor ignorante. Aliás, a pior coisa que se pode fazer em termos de criar um mercado livre é impor um flat rate por decreto.

    Repito que ele deveria aparecer como consequencia das regras de um mercado livre e concorrencial. Claro que no estado socialista em que estamos isso levará mais tempo. Para a bolsa dos ignorantes era preferivel que fosse JÁ, por decreto. Mas de Estado intervencionista estamos nós fartos. Assim como de população ignorante que reinvindica o que lhe dá mais jeito no momento, sem se preocupar com o amanhã e com a visão de longo prazo.

    Entre os politicos socialistas/altruistas/colectivistas e uma maioria de cidadãos pragmatistas/oportunistas/subjectivistas está este país entregue à bicharada.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    PS - Já agora: o sistema monopolista (que na realidade já não é; mas que é de concorrencia desleal...) não vai acabar porque aparece o flat rate. Ou porque meia duzia de gajos que querem ter o telefone ligado o dia inteiro a sacar MP3, warez e gajas nuas fazem um abaixo assinado. Ou porque se obriga o operador incumbente a "abdicar de lucros" (se o mercado não é livre como argumentas, não vai aparecer concorrencia; e não aparecendo, o flat rate pode diminuir os lucros da PT mas ninguem ganha nada com isso). A forma de acabar com o suposto sistema monopolista, ou mais correctamente de acabar com a concorrencia desleal e com a posição dominante do grupo PT, é fazer o que fizeram os EUA com a AT&T e com a Microsoft: desmembrá-la em várias empresas.
    Re:Protesto Flat Rate (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 10-02-01 14:25 GMT (#14)
    Acredita que falas meio à toa.
    Crias-te um ISP, parabéns, é lógico que tens que enfrentar os "atropelos" da PT, é ela que monopoliza o mercado das comunicações em Portugal, mesmo assim deves querer que fique tudo na mesma.

    Concordo contigo na ideia de que impor a flat rate por decreto, mas chamares o consumidor ignorante é que não, isso é que já é um abuso, ou também chamas ignorantes aos users do teu ISP?? O povo não é ignorante, o povo é que têm o poder absoluto sobre a sociedade, mover esse povo e mostra-lo o caminho é que é mais díficil, mas não é impossivel.
    "berreiro sucia/colectivista/altruista", desculpa tu é que estás a ter essas atitudes, e não o "consumidor ignorante".

    "Repito que ele deveria aparecer como consequencia das regras de um mercado livre e concorrencial. Claro que no estado socialista em que estamos isso levará mais tempo. Para a bolsa dos ignorantes era preferivel que fosse JÁ, por decreto. Mas de Estado intervencionista estamos nós fartos. Assim como de população ignorante que reinvindica o que lhe dá mais jeito no momento, sem se preocupar com o amanhã e com a visão de longo prazo."
    Este paragrafo está demais, OK, deve aparecer como consequencoa das regras de um mercado livre e concorrencial, mas quando?? Daqui a 2, 3, 4 anos é?? É isso que queres??? Eu também não quero que seja aplicada por decreto, e não vai ser, o nosso eng. só mostrou uma possição perante este assunto, foi só para dizer que estava vivo, e que se interessava pelo assunto, foi para pressionar as partes em causa que vão ter uma reunião no ICP no próximo dia 15, foi apenas para isto, volto a repetir que não acredito que seja imposto por decreto de lei.
    Mas mais uma vez mostraste a tua atitude, ao chamares ignorantes aos Portugueses, boa, eu acho que é esse o caminho que deves seguir, chama ignorantes a todos, força vai, se os chamas de ignorantes porque é que não os "ensinas", porque é que não explicas a situação do teu ponto de vista? Agora chamares ignorantes às pessoas sem fazer nada isso é que é ser ignorante.

    "Entre os politicos socialistas/altruistas/colectivistas e uma maioria de cidadãos pragmatistas/oportunistas/subjectivistas está este país entregue à bicharada."
    Como tu é claro.

    Cumprimentos

    Jony Soprano

    PS: Não o sistema monopolista não vai acabar porque aparece a flat rate, claro que não vai, mas a flat rate é um passo, e de passo a passo, se chega ao objectivo, se não se der o primeiro passo, quem irá dar? Tu? Não acredito, não acredito numa pessoa que chama ignorantes aos consumidores e que não faz nada para fazer um reverse a essa situação, não queiras dar passos de gigante, podes cair...
    Ou porque meia duzia de gajos que querem ter o telefone ligado o dia inteiro a sacar MP3, warez e gajas nuas fazem um abaixo assinado.
    Deves conhecer pessoalmente as pessoas que fizeram o baixo assinado... E não será que essas pessoas querem fazer aquilo que tu não fazes, esclarecer as pessoas, formar debates de intervenção de ideias, tomar atitudes perante a Sociedade de Informação? Olha secalhar é isso, ó Mário, francamente, vai críticar o governo, a PT, a Novis, o que tu quiseres críticar, mas estares para aqui a críticar pessoas que se moveram, e que se empenharam na merda de uma causa, porque senão só tinhamos Flat Rate no ano 2009 ou coisa que o valha, isso não, boa, A forma de acabar com o suposto sistema monopolista, ou mais correctamente de acabar com a concorrencia desleal e com a posição dominante do grupo PT, é fazer o que fizeram os EUA com a AT&T e com a Microsoft: desmembrá-la em várias empresas.
    E como é que se consegue isso?? Como? Como? É fazendo acções como esta, é criticando a PT, é dizendo PT sux, pq xula bués, é dizendo PT pró *****, é fazer isto e muito mais, não estejas à espera que o estado desmembre a PT assim sem mais nem menos, eles estão se a "cagar", a Microsoft e a AT&T foram desmembradas porque os consumidores e as empresas se uniram e moveram milhares de processos contra as duas empresas e coisas do género.
    Agora se todos fossem como tu, a PT iria durar muitos anos, e anos, com o monopolio das telecomunicações.
    Re:Protesto Flat Rate (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 08-02-01 15:12 GMT (#7)
    Qual quê?
    Viva a flat-rate, vivam as bejecas e vivam as garinas!
    O governo devia era patrocinar os sites de gajas que existem com o nobre propósito de desanuviar o pessoal após looongas horas de programação!
    ... e já que estavam com a mão na massa impossibilitavam o acesso a esses mesmos sites aos tipos da função pública ;)
    Cracking... (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 08-02-01 20:07 GMT (#10)
    Concordo plenamente com o mvalente. Já agora não queres (ou alguém) dar aí um "exploit" para aceder ao DR online? É que quero fazer um mirror do dito. Tudo para aliviar a carga aos computadores da INCM claro, que afinal são pagos com os nossos impostos.
    Re:Cracking... (Pontos:2)
    por mvalente em 09-02-01 12:04 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Tás bem lixado :-). Só os DRs de 1999 são um total de 13 Giga (em ficheiros PDF). No total (de 1974 até hoje) são 230 mil files PDF.

    Mas não há problema que não tenha solução ;-)

    Cumprimentos

    Mario Valente
    Re:Cracking... (Pontos:1)
    por Devils_Advocate em 09-02-01 12:19 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    O DR é um dos muitos servidores que pelo menos há uma ano atrás nem sequer estava "patchado" contra o velhinho ".asp:$Data". Um verdadeiro caso criminoso de incuria, pois ainda devia ser um NT4 com SP3 quando já havia o 6. Agora não sei como está, nem me vou dar ao trabalho. Na altura dava para ver que o acesso ao SQL era o desleixado sa/blank. Se hoje ainda anda na mesma, deve ser um autentico queijo suiço.
    Re:Cracking... (Pontos:2)
    por mvalente em 09-02-01 14:54 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Shhhhh.....

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]