gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Portugal Telecom: Novos preços para 2001
Contribuído por AsHeS em 26-01-01 21:10
do departamento Subidas-e-descidas
News SUp3rFM escreve "Enquanto se anda no "chove não molha" por causa da flatrate. a PT anunciou os aumentos para 2001. Isto é, resolve aumentar o preço das assinaturas, mantêm o preço da chamada local e fazem descer o preço das restantes comunicações. Não aumentam as chamadas locais (se o fizessem, alguém punha uma bomba nas Picoas), mas vão aumentado o preço das assinaturas. Daqui a pouco, fica mais barato ligar para um ISP em Espanha do que um nacional. Enfim... Fica a notícia da Agência Lusa"
Telefones: Assinatura sobe, chamadas locais mantêm-se restantes descem

Lisboa, 26 Jan (Lusa) - O preço das assinaturas de telefones sobe 4,5 por cento em 2001, mas o das chamadas locais mantém-se e o das regionais, nacionais de longa distância (interurbanas) e internacionais descem para os clientes da Portugal Telecom (PT).
O Instituto das Comunicações de Portugal (ICP) anunciou hoje ter aprovado, em conjunto com a Direcção-geral do Comércio e Concorrência (DGCC), a última proposta de tarifário apresentada pela PT, que permite que a factura de reformados e pensionistas com rendimento inferior ao salário mínimo nacional não varie.
O comunicado do ICP precisa que a assinatura mensal sobe 135 escudos, para 2.375 escudos, sem IVA.
Acrescenta que o preço das chamadas regionais baixa 16,1 por cento, o das ligações interurbanas diminui 14,5 por cento e o das comunicações internacionais embaratece 14,5 por cento.
Nos postos públicos de moedas o preço do impulso mantém-se em 12,82 escudos mais IVA e nos postos públicos alimentados a cartão em 11,11 escudos mais IVA, pagando-se o dobro no primeiro impulso.
Nas comunicações locais o impulso dura 3 minutos, nas regionais 46 segundos em horário normal e 92 segundos em horário económico e nas chamadas interurbanas 30 segundos em horário normal e 60 segundos em horário económico.
Em 2001, as chamadas locais custam 16 escudos mais IVA no primeiro minuto e a seguir 4 escudos mais IVA por minuto no horário normal ou 1,90 escudos mais IVA por minuto no horário económico.
As chamadas regionais custam 16 escudos mais IVA nos primeiros 20 segundos, após este período, e 11,50 escudos mais IVA por minuto no horário normal ou 5,50 escudos mais IVA por minuto no horário económico.
As chamadas nacionais (interurbanas) custam 16 escudos mais IVA nos primeiros 10 segundos e a partir daí custam 18 escudos mais IVA por minuto no horário económico e nove escudos mais IVA por minuto no horário económico.
O preço da instalação do telefone não é alterado.

Developing in Quake | SuSE 7.1 is on its way  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • SUp3rFM
  • Mais acerca News
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ... (Pontos:1)
    por lucipher em 26-01-01 22:09 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.unsecurity.org/
    That sucks, eu por acaso tenho netcabo, mas isto tá cada vêz pior.. espero que começe a haver mais alternativas, a nivel de links de internet, e de preferencia mais baratas.

    "learn howto build, therefore you'll know how to destroy"
    Re:... (Pontos:1)
    por MavicX em 26-01-01 22:23 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    e ainda tas-te a queixar aposto que a netcabo mesmo toda estrangulada ainda é melhor do que a lotaria que é a factura da PT ao fim do mês.

    E onde é que anda a concorrençia da PT ?

    Tratado netcabo/netvisao? (Pontos:1)
    por Endymion em 28-01-01 14:32 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Pessoalmente uso netvisão.... pena é n ser tao espalhada, parece que a netcabo tem o monopolio das grandes cidades... mas é estranho. Será que cada empresa estabeleceu uma area de serviços proprios? Estilo o tratado portugal/espanha de dividir o mundo ao meio?
    TeleCome (Pontos:1, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 26-01-01 23:04 GMT (#3)
    Todos os anos a mesma manobra: não alteram (ou aumentam) o preço das chamadas locais (e neste ano nem a assinatura escapou) mas baixam as restantes chamadas significativamente. Assim, quando houver pressão da opinião pública, um 'fato' da PT pode aparecer em frente das câmeras e provar-vos matematicamente que os preços baixaram.

    Entretanto nós vamos sendo educados a aceitar isto como normal. Antes até se protestava e tudo, mas agora não. E se alguém levanta a voz, repondem logo com os inúmeros benefícios que introduziram nos úlitmos anos, e todos aqueles pacotes de desconto, que não são mais do que outra embalagem com a mesma porcaria lá dentro.

    No final do ano (ou quando for) podem esperar o relatório que (mais uma vez) diz que a PT obteve umas largas dezenas de milhões de contos de lucro. Grande serviço. Entretanto, aqui na cauda da Europa, esperam-se pelas alternativas.

    Re:TeleCome (Pontos:1)
    por bgravato em 27-01-01 0:01 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Ponto 1: Que é que este post do AC tem de informativo? Estas moderações às vezes são um bocado suspeitas... (e podem ser enganadoras para quem usa filtros)

    Ponto 2: A PT "xupa" por onde pode... Com os novos operadores, que enquanto as infraestruturas existentes nas nossas casas forem da PT, não podem oferecer preços competitivos nas chamadas locais, a PT vê-se forçada a baixar o preço das chamadas de longa/média distância de forma a não perder clientes para os novos operadores que oferecem melhores preços... Ora esta perda de receitas tem que ser compensada em algum lado... e a fonte de lucros mais óbvia é... as chamas locais claro está. E continuará a ser até os outros operadores oferecerem alternativas nessa área (há-de chegar o dia em que não se pagará chamadas locais).

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.

    Re:TeleCome (Pontos:1)
    por MavicX em 27-01-01 11:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    "(há-de chegar o dia em que não se pagará chamadas locais)." Só se mudares para os Estates. O que vai acontecer é o desaparecimento das comunicações fixas para chamadas telefonicas, com o aparecimento da UMTS esse fim está mais proximo do que algums pensam, alem das chamadas terem uma qualidade impressionante ( voz, imagem ) vai ser em regime de flate rate ou seja não pagas o tempo mas sim a quantidade de bits. É por isso que não vez niguem a apostar na Rede fixa, das novas operadoras.
    PT e a mais barata, ainda assim... (Pontos:1)
    por Cyclops em 27-01-01 13:01 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Como se pode ver com:

    Locais:
    echo 'plot [x=1:4] pt(x) = (16+a*(x-1))*iva, iva=1.17, a=4.0, pt(x), a=1.9, pt(x), novis(x) = (a*x)*iva, a=14, novis(x), a=8.5, novis(x), oni(x) = a*x, a=14, oni(x), a=9, oni(x)' | gnuplot -persist

    Nota: A oni ja tem o preco com iva incluido na pagina deles, dai q nao o mostre nas contas.
    Re:PT e a mais barata, ainda assim... (Pontos:1)
    por TarHai em 27-01-01 15:34 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    nao tem legendas e esta mal comentado ;D
    PT vs ICP (Pontos:1)
    por ruben em 28-01-01 13:53 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    É de referir que a PT pretendia aumentar as chamadas locais, o ICP é que não deixou.

    Ruben
    Sunzabitches (Pontos:1)
    por taf em 28-01-01 23:16 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Sem comentários mesmo !!! Hum ... será que ficam muito ruídos que vos disser que nos states as chamadas locais tão incluidas na assinatura ...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]