gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
A Criança, a Ciência, os Pais e a Escola
Contribuído por BladeRunner em 17-01-01 12:42
do departamento mas-a-gente-até-tem-um-satélite
Portugal Este artigo publicado no Expresso online intitulado "Requiem pelo ensino da Ciência" fala-nos de como todas as crianças são cientistas por natureza e da relação complicada que têm com os pais e a Escola nessa área.


Começa por dizer que a motivação que leva uma criança a desmontar um rádio é a mesma que um astrónomo tem pela pesquisa do Universo.

O artigo prossegue afirmando que a criança ao entrar para a escola aprende coisas estranhas e complicadas e que em vez de aprender como funciona o rádio, como se forma o arco-íris ou para que serve o sangue, aprende pretéritos prefeitos, predicados e coisas que tais.

Os pais também não escapam às "reguadas" do autor do artigo:
"Embora se trate de um acto genuíno de ciência, a maioria dos pais prefere classificar a desmontagem de um rádio antes como um acto de destruição, e por isso reprimível. Começa aqui um longo processo de destruição da curiosidade e do espírito de descoberta a que se dá o nome de educação".

O autor do artigo conclui numa linha:
"Chegámos portanto ao paradoxo de a escola ser a principal responsável pela perda de interesse dos alunos pela ciência".

Apesar de o artigo me parecer um pouco radical, parece-me que não deixa de ser pertinente.

Uma das coisas que pessoalmente me entristece no nosso país é o alto grau de analfabetização funcional.

Será que a dita tem as suas raízes nestas coisas de que fala o artigo?
Se sim, em que grau?

Depoimentos em Tribunal por videoconferência | Divx ... opensource  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Este artigo
  • Mais acerca Portugal
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    falta de curiosidade (Pontos:2)
    por joao em 17-01-01 13:41 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Dei aulas de mecânica dos fluidos durante um semestre a alunos do segundo ano da faculdade e a coisa que mais me espantou neles foi a mais completa ausencia de curiosidade em relação aos fenómenos físicos. Simplesmente não lhes despertava interesse nenhum...

    ----
    joao
    nonio.com
    E vai piorar... (Pontos:2)
    por leitao em 17-01-01 15:03 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

        E se me perguntam a opiniao a coisa em Portugal vai piorar...

        Isto pela simples razao da falta de alternativas que as pessoas teem. Tudo o que um adolescente pode fazer para se entreter e' ir para o centro-comercial da SONAE mais proximo, ou ver o ultimo concurso "brain-dead" da TVI.

        Nao existem museus para ir visitar (ou estao fechados ou nao teem interesse), nao existem exposicoes de ciencia, nao existem planetarios e os que existem metem agua, etc, etc, etc.

        Na Uni e' o mesmo, aprende-se o ultimo hype ou o que interessa ao prof. e o resto e' considerado assunto de "investigacao" que nao vale a pena ensinar.

        Por isso, cabe aos pais aprender a educar -- e ensinar aquilo que os profs. nao ensinam.

        Bye,

    -- "Why waste negative entropy on comments, when you could use the same entropy to create bugs instead?" -- Steve Elias
    FPS (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 18-01-01 14:57 GMT (#3)
    Agora os putos ja' nao querem saber como o mundo funciona mas sim quantos frames por segundo conseguem na consola hitech que teem em casa ...e alguns nem sabem o que e' um frame... e' triste mas e' verdade, como diz o leitao, quando as unicas alternativas sao os centros comerciais ou programas de TV de bradar aos ceus . O vapourware politico de evolucao cientifica e tecnologica que diz muito e faz pouco tambem ajuda para esta situacao de desinteresse pela ciencia, onde o que interessa e' lamber o traseiro aos poderosos da CE e atirar areia para os olhos dos portugueses.E' dificil imaginar por onde podemos comecar para mudar o estado de passividade a' que n'os todos nos habitua'mos...

    slug


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]