gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Microsoft ensina o mundo a fugir aos impostos
Contribuído por chbm em 18-10-00 12:58
do departamento contas-de-sumir
Microsoft mduarte escreve "Segundo este artigo do The Register parece que a Microsoft teria prejuizo senão fossem algumas práticas contabilisticas interessantes.
E não são os unicos... "

Immunix OS 6.2 Linux | Ping não fragmentado em Linux  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • artigo
  • The Register
  • Mais acerca Microsoft
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Tem muito que aprender (Pontos:1)
    por MavicX em 18-10-00 14:16 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Toda a gente sabe a historia das stock options, parece que só agora tá a chegar a Portugal, não é só a Microsoft que faz isso são quase todas as grandes empresas, tabem que a Microsoft abusa. O que é mais dificil é manter uma actividade sem lucro ou com prejuizo durante anos a fio só para fugir aos impostos. O que pareçe ser o caso de 48% das nossas empresas acho que o Bill devia vir ao nosso pais e tirar um estágio sobre contabilidade (iventiva) numas das nossas empresas e talvez aprendesse alguma coisa mais .

    PS: Não me importava nada de ter umas stock options da Microsoft, talvez alguem da Microsoft Portugal me possa dar algumas e assim poupar mais algums cobres nos impostos.

    Re:Tem muito que aprender (Pontos:1)
    por AliAli em 18-10-00 22:07 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    relamente o subject diz tudo. muito para aprender ainda.... talvez um dia quando as tiveres vias ver que nas as cedes a ninguem.
    Re:Tem muito que aprender (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 19-10-00 9:32 GMT (#3)
    Por um determindao numero de anos.
    Ou achas que ele é obrigado a ficar com elas indeterminadamente.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]