gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Finalmente um B.A.S.I.C. para linux
Contribuído por chbm em 01-10-00 15:42
do departamento mas-é-suposto-isto-ser-bom?
KDE cao_negro escreve "Está a ser desenvolvido um BASIC para o KDE, podem visitar o site em www.kbasic.de. Pode ser que passe a haver um sistema RAD para Linux que fará concorrencia ao VB, o que vai permitir desenvolver aplicações muito mais depressa, aumentando a possibilidade das PMEs passarem a utilizar Linux, pois poderam ter os mesmos tipos de aplicações mas num ambiente mais estavel. (esta noticia foi lida primeiro no ptnix). Cãoprimentos "

Enlightenment Addicted´s WAKE UP :) | suporte.bragatel.pt - own3d  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • cao_negro
  • Mais acerca KDE
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    RAD já há (Pontos:2, Esclarecedor)
    por js em 01-10-00 16:47 GMT (#1)
    (Utilizador Info)

    "Pode ser que passe a haver um sistema RAD para Linux" não, pois já há "alguma coisa". Python, por exemplo. A rapidez de desenvolvimento de aplicações está toda ali (e em outras alternativas muito boas -- apesar de mais limitadas), o basic não faz grande falta. Enfim, quem gostar que use.

    A não ser que a ideia seja de garantir portabilidade das coisas desenvolvidas em VB para Linux, mas não me pareceu ser essa a ideia.

    Segundo penso, a coisa que o VB tem de bom não é o VB, mas a fácil integração das diversas ferramentas MS (Excel, Access, etc.) que se faz em VB. Se é uma coisa dessas que a malta do KDE quer (talvez seja, a julgar pelo que dizem na página de entrada (http://www.kbasic.de/), escolher basic como base parece ser um grandioso tiro no pé...

    Re:RAD já há (Pontos:2, Interessante)
    por cao_negro em 01-10-00 19:06 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Sim, o BASIC já não está na moda, mas quanto custa (em tempo) aprender Python? Quantos programas que correm nos Windoze não são feitos em BASIC? isto em aplicações para as empresas, pois não nos podemos esquecer que em finais da decada de 80 as empresas compravam PCs com o asqueroso MS-DOS, porque havia programas de facturação, contabilidade, salarios, etc., e a maior parte dessas aplicações eram feitas em QBasic ou em Clipper.
    Re:RAD já há (Pontos:1)
    por js em 01-10-00 23:48 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    O tempo que demora a aprender Python não deve ser muito diferente do que demora a aprender basic. Até são ambos interpretados, pelo que até dá para fazer em ambos sessões de aprendizagem semelhantes, daquelas em que um gajo entra no interpretador e escreve
    a=2; b=4; print a+b

    Dos programas existentes feitos em basic que tiverem interesse, ok, portabilidade é bom. No entanto tenho as minhas reservas a respeito da portabilidade de programas feitos em basic, pois provavelmente não há linguagem com mais versões e incompatibilidades que esta. Assim acaba por ser falso que hajam muitas coisas feitas em basic. Haverão é muitas coisas feitas nos basics todos juntos... Digo eu, não sei. Alguém conhece estatísticas?

    basic users (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 01-10-00 22:14 GMT (#3)
    Basic para Kde ?
    So mesmo quem usa KDE é que precisa disto

    ps: nao resisti ;-)

    Re:basic users (Pontos:1)
    por mlopes em 02-10-00 16:39 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Acho que nem mesmo que usa o KDE iria descer tão baixo
    linux básico (Pontos:1)
    por ekstassy em 01-10-00 23:12 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://linus.uac.pt/~milton_m/site/
    Estes gajos pelos vistos gostam muito de re-inventar a roda. Então já não existe o KDevelop, que por sinal, até é bastante jeitoso, e estes agora kerem fazer outro IDE do zero? Devem gostar imenso de perder tempo. Não era muito mais facil integrarem o interpretador de basic no KDevelop? Para o form design faziam algo semelhante ao Glade, que é muito mais interessante... Escolhe-se a linguagem de output (C/C++/Python/Whatever) e tá prontes.. ou então usavam XML e os mesmos forms serviam para tudo tambem.

    Esta gente num pensa, carago! :)

    xtc

    Re:linux básico (Pontos:1)
    por Vitor Domingues em 02-10-00 11:31 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Se é tão simples porque não o fazes?
    Re:linux básico (Pontos:1)
    por ekstassy em 02-10-00 11:44 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://linus.uac.pt/~milton_m/site/
    Antes de mais, porque não estou minimamente interessado num projecto do tipo (não é exactamente o campo de desenvolvimento que me atrai mais) e depois eu não disse que era simples; Simplesmente comentei que o projecto podia ter outro desenvolvimento mais lógico.

    Isto do "tás a falar mal? então faz melhor"" é de facto um raciocinio um bocado BASIC(O)... mas eu perdoo :)

    xtc

    rad what? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-00 12:21 GMT (#8)
    Podem-me dizer o que é RAD?
    Re:rad what? (Pontos:1)
    por js em 02-10-00 18:30 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Rapid Application Development
    Re:rad what? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-00 21:22 GMT (#13)

    Ah. Ok. Muito Obrigado :)

    Já aprendi alguma coisa hoje.

    Yach! (Pontos:1)
    por rlmcDo em 02-10-00 14:38 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Nao, obrigado. Dispenso!
    Mais uma razão para eu detestar o KDE... (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-00 17:57 GMT (#11)
    inovação ? onde ? quando ? quem ?
    RAD para Linux? O Projecto Kylix da Borland! (Pontos:1)
    por Bogomips em 02-10-00 23:31 GMT (#14)
    (Utilizador Info)

    Será que numa thread sobre RAD para Linux, ninguém fala sobre o Projecto Kylix da Borland? Um autoassumido RAD e Open Source. Vocês não andam a ler O-Tal-Outro-Site tanto quanto deviam (isto é, a toda a hora), seus malandros! ;).

    E os rapazinhos são ambiciosos, querem:

    1. Trazer uma vasta gama de aplicações para o Linux,

    2. Permitir aos utilizadores de Visual Basic e Delphi, a possibilidade de rapidamente desenvolverem aplicações para o Linux e de converter muitas aplicações do Windows para Linux,

    3. Possibilitar aplicações de Internet, Web, C/S, Bases de Dados e Desktop de alta-performance através de código nativamente compilado para Linux.
    Bem aventurados sejam!!!

    ------------

    Lamento discordar com os gildotianos que falam do perl e do python como RADs. Não quero com isto dizer que não sejam obras primas da civilização no que respeita ao desenvolvimento rápido de aplicações, mas estamos a falar de manipulação de componentes visuais num ambiente integrado de uma forma interactiva, simples e intuitiva (bleaurgh!!! Odeio estas palavras, fazem-me sempre lembrar algo de terrivel!). E muito embora haja toolkits de componentes visuais, tanto para o perl como para o python, ainda vai um bocadinho até à tal "Manipulação (...) num ambiente integrado de uma forma interactiva, simples e intuitiva" (Oh não! Outra vez!).

    Estou mesmo a imaginar um programador de VB a mexer com regexps no perl: "Hummm, isto é com certeza um erro tipográfico no manual" :)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]