gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Motif disponível para Open Source
Contribuído por nuno em 15-05-00 15:32
do departamento para-não-perder-o-comboio
X Consortium O Open Group disponibilizou o código fonte do Motif (com o nome de Open Motif) para a comunidade Open Source com uma licença que permite que o código possa ser utilizado, copiado e distribuído em plataformas Open Source (Linux, FreeBSD, etc...) sem exigir nenhum tipo de pagamento. Para quem ainda não acredita o código fonte esta aqui. A pergunta agora é: quem é que quer usar Motif ? (slashdot)

HP: O W2000 já saiu?! | Artigo no Computadores/Público é simples tradução  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • gildot
  • aqui
  • slashdot
  • Mais acerca X Consortium
  • Também por nuno
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Qualidade do Motif (Pontos:3, Informativo)
    por su- em 15-05-00 15:58 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Após ter passado quase 10 anos a programar em Motif, só há uma coisa que eu posso dizer: não recomendo o motif a ningém...

    Tem bugs de memória internos, que fazem as aplicações estoirar de tempos a tempos.

    Na verdade, penso que uma das razões que torna o Netscape tão instável é o facto de usar o Motif.

    Quando eu estava no INESC, tinhamos uma licença de código fonte do Motif 1.2 e quando comecei a usar o Linux em 92, recompilei as sources em Linux.

    Nessa altura, costumava usar um debugger de memória dinamica chamado purify, que detectava
    problemas de alocação de memória.

    Para conseguir usar o purify, era obrigado a colocar filtros para ignorar as mensangens derivadas de erros dentro do Xm (Motif), porque o motif gerava milhares de mensagens: zonas de memória perdidas, acessos a memória depois desta ter sido desalocada, acessos out-of-bounds, etc.

    Infelizmente, nem o Mootif nem o Lesstif estão suficientemente estáveis para serem usados em aplicações complexas.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]