gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
ViaCTT, a culpa é do TITULAR
Contribuído por chbm em 27-06-06 21:30
do departamento portuguesisses
Portugal Hoje estreou o ViaCTT, o super-correio-oficial para todos os Portugueses. Os portugueses, desconfiados como são, acharam estranho esta coisa pedir o número de contribuinte e o número do BI mas eles garantem na página sobre privacidade que é só para garantirem que o correio é entregue à pessoa certa. No entanto, nos termos e condições dizem-nos que
3.3. Os dados pessoais fornecidos pelo TITULAR no Formulário do Pedido de Registo serão processados e armazenados informaticamente numa base de dados pertencente aos CTT e destinam-se a ser utilizados pelos CTT no âmbito da relação contratual com o TITULAR e para a comercialização de serviços e/ou produtos das empresas do Grupo CTT.
Mas o melhor segue no desenvolvimento ...
Os termos e condições informam-nos que
2.10. O TITULAR é responsável pela utilização do serviço, a qual, ainda que efectuada por terceiros, com ou sem autorização do TITULAR, se presume, para todos os efeitos contratuais e legais, efectuada por este.
e
2.14. Os CTT garantem que a plataforma informática (incluindo hardware e software) utilizada para a prestação do serviço cumpre os requisitos necessários e adequados à segurança da prestação do serviço e da própria rede, não podendo, no entanto, tecnicamente garantir a sua inviolabilidade por terceiros não autorizados.
ou seja, se ocorrer um Acesso ilegítimo que resulte em Falsidade informática, Sabotagem informática ou Intercepção ilegítima (tudo como definido na Lei da criminalidade informatica) causa pela incapacidade dos CTT em manter a segurança do serviço o problema e responsabilidade são do TITULAR.

E vocês, já aderiram ?

linux.pt | Portugal é Vice-Campeão de Futebol de Robots  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Lei da criminalidade informatica
  • ViaCTT
  • privacidade
  • termos e condições
  • Mais acerca Portugal
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Contradição ou Publicidade Enganosa? (Pontos:1, Informativo)
    por quantum em 27-06-06 22:27 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Na página O Que É

    "Os CTT garantem a integridade e a confidencialidade do seu correio. "

    Vejamos... se no contrato dizem que não podem "tecnicamente garantir a sua inviolabilidade"... mmmm... já me sinto muito mais seguro, como cidadão.

    Epá, a medida é boa, mas porque é que tiveram que inventar tanto? Porque é que uma boa mailbox, configurada para usar sempre S/MIME e Whitelists não serve??? Que mania que têm de reinventar a roda!!!

    Re:Contradição ou Publicidade Enganosa? (Pontos:1)
    por quantum em 29-06-06 18:10 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Então? A conversa já chegou à chafarica? Deves pensar que és o único iluminado a trabalhar para uma grande multinacional de software.

    Às vezes tens piada e acertas umas postas de pescada, noutras (a maior parte) devias ficar calado.

    Re:Contradição ou Publicidade Enganosa? (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 29-06-06 19:17 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Qual multi-nacional? Aquela coisa em Braga?
    Re:Contradição ou Publicidade Enganosa? (Pontos:1)
    por quantum em 30-06-06 8:39 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Esta agora? Pelos comentários do bicho sempre pensei que tivesse outra experiência, sei lá... uma SAP, MS, ou mesmo, qui sait, uma IBM. Bem, sendo assim... batatas. :P
    Re:Contradição ou Publicidade Enganosa? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 30-06-06 22:26 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Irias ficar admirado se soubesses onde o bicho trabalha... Mas... não sabes :)

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)
    Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:2)
    por Specimen em 27-06-06 23:25 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    Que o serviço vai ser utilizado para enviar 'informação' (aka publicidade) dos próprios CTT aos seus produtos, como faz PT que de tanto em tanto tempo telefona-nos para casa a perguntar se querem aderir ao novo tarifário X e etc.

    Este projecto, ao que parece, é finaciado na totalidade pelos CTT, eles têm que ter a algum retorno, portanto esta-se mesmo a ver.


    'In the future, the oppression will come in increasingly subtle forms'.

    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:2)
    por mlemos em 28-06-06 2:29 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/
    Pelo que li o serviço destina-se a permitir o envio pelo dito e-mail de facturas electrónicas com o mesmo valor legal a aquelas recebidas em papel pelo correio postal.

    Quem paga são as empresas que enviam, tipo empresas de energia, luz, telefone, bancos, etc..

    A impressão que tive é que realmente é uma coisa boa porque as pessoas não recebem spam, recebem menos papel pelo correio, os correios e as empresas têm menos custos do que enviar as mesmas facturas em papel pelo correio postal.

    Se eu percebi bem é uma ideia excelente. Há que dar crédito a quem merece. Não sei se a ideia é original, mas nunca tinha ouvido falar de algo como isto em nenhuma parte do mundo. Pelo que os CTT estão de parabéns.
    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:1, Despropositado)
    por Cyclops em 28-06-06 7:08 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    é uma coisa boa porque as pessoas não recebem spam, recebem menos papel pelo correio
    Só não recebem spam se não for uma mailbox (caso contrário irão receber spam -- sem dar um endereço gmail a ninguém recebi SPAM. Milagre?). Quanto ao papel pelo correio, se as contas fossem o problema... o problema é o SPAM, mas mesmo esse é controlável com o autocolante amarelo :)
    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Ancestor em 28-06-06 7:44 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    (offtopic) É normal alguns agentes de spam funcionarem por "brute force" (com ou sem dicionario) experimentando combinações@dominio, daí haver possibilidade de recepção de spam em caixas de correio de alguma forma não divulgadas.


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:2)
    por raxx7 em 28-06-06 8:20 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Não é uma mailbox.

    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:2)
    por Ancestor em 28-06-06 7:41 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Que eu saiba (poderei estar errado) o valor legal de uma factura enviada em papel pelos CTT ou em pdf pelo correio é exactamente o mesmo. O que interessa é 1) o valor do documento na facturação de quem emite 2) o valor pago pelo cliente que salda o débito. Caso haja extravio do documento, ou dúvida da autenticidade do mesmo, pode sempre pedir-se segunda via.
    Actualmente existem diversas empresas que já emitem facturas electrónicas via email, nomeadamente a PT e a Telepac. No caso destas, o pdf vem assinado com um certificado de autenticidade. De igual forma, as soluções de facturação/gestão mais usuais também já permitem o envio de documentos via email há bastante tempo.


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:2)
    por Specimen em 28-06-06 15:14 GMT (#12)
    (Utilizador Info)

    Sim, claro que se destina a isso, eu estou a dizer que ALÈM disso, tendo em conta a política de privacidade, tenho receio que os CTT o usem par outros fins.

    Quem paga o envio... Mas financiar não é isso, financiar são os custos da infraestrutura, pessoal, servidores, enfim, todo o investimento necessário. Se bem que o post mais adiante do ettiago é de certa maneira'esclarecedor' em relação a isso.


    'In the future, the oppression will come in increasingly subtle forms'.

    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:1)
    por rmachado em 29-06-06 13:51 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Ao que parece só os CTT podem "colocar" "coisas" no tal endereço. E mais ng.
    Mas vamos ver.
    De qq maneira a reacção já é a tipica do TUGA... bota abaixo... ;)
    Re:Pq é q eu tenho a sensação... (Pontos:2)
    por Specimen em 29-06-06 14:48 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    Agora está na moda dizer que tudo o que não concorda cegamente é 'bota abaixo' e 'tipicamente tuga', por amor de Deus, não percamos o sentido crítico. Pior cego é aquele que não quer ver.

    Sugiro, caso não o tenha feito que leia o comentário de ettiago sobre os certificados digitais neste tópico.


    'In the future, the oppression will come in increasingly subtle forms'.

    CTT e certificados digitais (Pontos:4, Esclarecedor)
    por ettiago em 28-06-06 4:53 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Esta é uma forma dos CTT mungirem a utilização de certificados digitais de forma a ganharem dinheiro com aquilo que deveria ser um direito de todos. Os certificados digitais eram já fornecidos pelos CTT a advogados (entre outros) para garantir a entidade desses perante os destinatários dos mails enviados. Os certificados digitais deveriam ser também disponibilizados a todos os cidadãos interessados em utilizá-los (independentemente do programa de mail que usam). Era aliás uma meta do Governo com o seu Plano Tecnológico. Infelizmente o que se passa é que os CTT não disponibilizam estes certificados digitais para utilização livre mas sim, e apenas, para utilização sobre a sua plataforma fechada ViaCTT. Com isto criam a possibilidade de cobrarem as entidades remetentes. E o pior é que o governo português se congratula com (e publicita) um serviço que apenas serve pra introduzir intermediários onde eles não necessitam existir ao invés de, de alguma forma, auxiliar os CTT para a validãção de certificados digitais para todos os cidadãos, de uma forma aberta!
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:1)
    por ParceiroPensador em 29-06-06 23:23 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://parceiropensador.net
    Bem; os certificados digitais dos advogados não são emitidos pelos CTT, mas pela Multicert. Além disso, embora nunca me tenham cobrado directamente pelos meus (muito embora haja previsão de um preço a pagar por cada advogado, que já vi algures) tenho a certeza que a Ordem paga, e bem, por eles; e eu pago-os indirectamente, na minha quota, como aliás outras regalias em 'kit' (um seguro de responsabilidade civil, por exemplo). O que os CTT asseguram é a marca de tempo, que cumpre os mesmos requisitos que o registo de uma carta vulgar e que, realmente, é obrigatória para enviar uma peça ao tribunal; mas essa espécie de monopólio não é grande novidade, apenas a transposição do monopólio dos registos da correspondência para o mu ndo virtual.
    - So this is how liberty dies, with thunderous applause . . . (Padmé, The Revenge of the Sith)
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Raman em 30-06-06 0:34 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://small-brother.blogspot.com
    Os certificados não são fornecidos pelos CTT, mas sim pela MULTICERT. Além disso, autonomamente como certificados funcionam em qualquer cliente de email que suporte certificados "vulgares". O que se passa é que para a entrega de peças processuais também é necessário um timestamp criptográfico, chamado Marca do Dia Electrónica.

    O problema é que de facto se estabeleceu um monopólio por imposição estatal, já que só são aceites nos tribunais certificados tendo como CA a MULTICERT e com a MDDE referida. Não é permitido, por exemplo, que um advogado compre um certificado à Verisign (ou a outra CA universalmente reconhecida) e o "inscreva" na Ordem dos Advogados, nem os CTT/MULTICERT aceitam "carimbar" peças que não sejam assinadas por certificados emitidos por eles.

    Mais grave: de acordo com a FAQ da MDDE, e aparentemente corroborado pelo manual do utilizador da aplicação que solicita e inscreve na mensagem a MDDE, a aplicação é Windows only, obrigando além disso os advogados, para submeter documentos públicos decorrentes de actos públicos a patrocinarem o tio Bill.

    Quanto ao ViaCTT propriamente dito, tenho uma curiosidade adicional que ainda não vi referida: para quando a implementação pelos CTT das listas de opt-out da publicidade não solicitada sua que venham a enviar no futuro (que são impostas legalmente), o que parece ser uma sua intenção dados os terms of service?

    Além disso, é sinceramente de pasmar o que as pessoas ainda estão dispostas a aceitar (como os referidos terms of service), assinando de "cruz" para experimentar a "medida governamental da moda". Efectivamente há muito a fazer em termos de cultura cívica de modo a que as pessoas se apercebam das irresponsabilidades que fazem.

    Fica-se contudo a aguardar quando o nosso governo vai tornar a utilização do serviço obrigatória. É o passo natural espectável. Nessa altura talvez seja interessante passar a mensagem a algumas comunidades de "crackers" para lhes explicar os problemas de segurança associados ao "single point of failure".
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Raman em 30-06-06 6:06 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://small-brother.blogspot.com
    Se calhar a coisa vai ser mais cedo do que se pensa. Leia-se o que diz o DN de hoje conjuntamente o que que escrevi anteriormente (com negritos meus):

    Os portugueses terão disponível a partir do final do ano uma assinatura electrónica qualificada que permitirá enviar e receber documentos oficiais via Internet.

    [...]

    Por agora, a criação de empresas online está acessível apenas aos advogados e solicitadores, os únicos operadores que possuem já a assinatura digital reconhecida por lei.

    Os cidadãos e as empresas só poderão ter acesso a uma assinatura electrónica qualificada a partir do momento em que haja empresas que as disponibilizem, nomeadamente as que actuam no mercado dos certificados digitais. Note-se, porém, que apenas no dia 16 foi publicado no Diário da República o decreto-lei que designa a Autoridade Nacional de Segurança como entidade credenciadora das empresas que actuem no sector. Por enquanto, nenhuma está ainda certificada.


    Adivinhei qual vai ser a primeira (e provavelmente a única) CA que vai ser certificada...

    O governo não deve ter ouvido falar das dezenas de CA que existem e têm reconhecimento fático (têm os root certificates incluidos em todos os browsers e development kits relevantes).

    Não. Aparentemente está mais interessado não na Internet, como apregoa, mas na gestão da WAN nacional dos confrades...
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:1)
    por quantum em 30-06-06 8:46 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Na verdade, para uma situação destas, a CA não deveria ser privada mas sim implementada a nível governamental.
    O paralelo aqui é sugerir que também os BI e passports passem a ser emitidos por privados.
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Cyclops em 30-06-06 16:42 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Os portugueses terão disponível a partir do final do ano uma assinatura electrónica qualificada que permitirá enviar e receber documentos oficiais via Internet.
    Espero que isto seja unica e exclusivamente a emissão de um certificado digital que se instala no browser, e que o servidor remoto utilize autenticação com certificado de cliente, em vez de aplicações manhosas feitas nalgum tipo de software que tenho sérias dúvidas sobre a legitimidade de o impor aos cidadãos.
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 30-06-06 22:24 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Se for open source e manhoso já pode passar, afinal 80% da população portuguesa não sabe trabalhar com computadores =)

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Cyclops em 04-07-06 17:01 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Isso dizes tu...
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 04-07-06 19:57 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Dizem as estatisticas, onde surprise surprise, estas certamente incluido :)

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:1)
    por NeVErMinD em 30-06-06 17:22 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    ..dezenas de CA que existem e têm reconhecimento fático..

    Para que o documento tenha valor legal o mail tem de ser mais que S/MIME, tem de ter o time-stamp, e isso esses CA não implementam.

    Às vezes os monopólios não são impostos, surgem porque são inovações e como tal não existem alternativas, essas podem eventualmente aparecer com o tempo. A parceria M$/CTT/Multicert apresentaram uma solução tecnológica para um problema, ninguem mais o fez.
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Raman em 30-06-06 17:29 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://small-brother.blogspot.com
    E porque é que não é o estado, que já participa nos negócios jurídicos como "trusted third party", que se encarrega da gestão e afixação do timestamp, ao invés de legalmente e neste caso criar uma obrigatoriedade de recorrer a uma outra "third party" exclusiva?
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:1)
    por quantum em 30-06-06 17:51 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    No caso da MDDE faz todo o sentido que sejam os Correios a zelar por isso, já que não é mais que a versão moderna do Correio Registado.
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Raman em 30-06-06 18:00 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://small-brother.blogspot.com
    Faz tanto sentido como dizer que todos os servidores de email e tráfego de email devia ser gerido pelos Correios. Então não é que as cartas todas até passavam por lá antes! ;-)
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 30-06-06 22:23 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Faz mais sentido que toda a gente possa fazer isso, tipo concorrência perfeita. Assim todos podem ter um relógio sincronizado e não chegarem atrasados ao trabalho... See, it's that easy... Yeah, right !

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:1)
    por quantum em 02-07-06 12:49 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    É diferente. Mensagens toda a gente pode enviar. Aliás, para além disso, o serviço devia ser melhorado à semelhança do que acontece com os Serviços Postais Norte Americanos, em que para além de garantirem a hora legal na mensagem, arquivam uma cópia da mesma para que a integridade do conteúdo possa ser, mais tarde, verificada (sim, eu sei que se levantam aqui outras questões, mas é preciso haver vontade do emissor que tal aconteça).
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Raman em 30-06-06 17:33 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://small-brother.blogspot.com
    E onde é que está a inovação neste caso? Já há algoritmos criptográficos de criação de timestamps de livre uso há anos. As soluções tecnológicas também não são complexas. O que faltaria para concorrer? O "paitrocínio"...
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:1)
    por NeVErMinD em 30-06-06 17:45 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    A inovação por vezes não é na criação, mas na integração. O automóvel foi uma inovação, no entanto já existia a roda, o motor..etc.

    Enquanto não existirem concorrentes, isso são presunções.
    Re:CTT e certificados digitais (Pontos:2)
    por Raman em 30-06-06 17:58 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://small-brother.blogspot.com
    Não há concorrentes porque não há interesse em investir em mercados ganho à partida...
    Windows Server 2003? (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Zarluk em 28-06-06 9:10 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    ROTFL

    Vamos ver quanto tempo vai demorar até ao primeiro "soluço" ;-)

    Re:Windows Server 2003? (Pontos:3, Informativo)
    por Ancestor em 28-06-06 9:27 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Por incrível que te possa parecer, regra geral os "soluços" não estão directamente associados ao sistema operativo usado, mas à topologia/configuração do equipamento usado. Se, no mesmo site, fores ver os "most reliable hosters" dos últimos meses vais descobrir que vários deles usam Windows.


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por gEoTa em 28-06-06 11:03 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Há quem forje a assinatura do OS para levantar mais uma (pequena) barreira à exploração de bugs.
    Não me admirava nada que este fosse o caso, já que usar Apache num 2003 não é muito habitual...
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:2)
    por Cyclops em 28-06-06 15:58 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Quando ainda estava com Windows 2000 (até ao dia 26) o p0f -A dizia ser um Windows 2000 SP1+, pelos vistos isto inclui até ao 2003. :)

    Quer isto dizer que deve efectivamente ser Windows, mas se é o Apache ou não...

    Apesar dos termos de utilização serem absurdos fiz a adesão para poder ver que tal é que aquilo funciona. Afinal, pode-se sempre mandá-los dar uma à curva (piada para quem tiver o suficiente conhecimento de polaco).
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por salupa em 28-06-06 16:35 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Kurva,
    e não é só em polaco...
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por tripas em 28-06-06 17:28 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Pode ser em húngaro. Szia!
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:2)
    por Cyclops em 28-06-06 19:18 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Não sabia que se soletrava com K, obrigado. Foi muito giro quanto tive uma amiga polaca em casa a contar como quase se desfez em gargalhadas quando pediu direcções e só lhe diziam "curva à esquerda", etc... etc... ;)
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por soska em 29-06-06 9:33 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Kurwa.


    SINCLAIR ZX SPECTRUM+2
    128K RAM
    COMBO TAPE READER/RECORDER ONBOARD
    CRT 12" WITH SPEAKER
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por salupa em 30-06-06 10:52 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Raios,
    Esqueci-me que os "vês" são diferentes do checo e do eslovaco :)
    Em polaco também há vocativo? Tipo "Ty Kurvo!"
    Zdar
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por soska em 30-06-06 15:58 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Sim.


    SINCLAIR ZX SPECTRUM+2
    128K RAM
    COMBO TAPE READER/RECORDER ONBOARD
    CRT 12" WITH SPEAKER
    Re:Windows Server 2003? (Pontos:1)
    por gcarreno em 03-07-06 10:58 GMT (#44)
    (Utilizador Info) http://www.gcarreno.org
    Hoje, segunda-feira, dia 3 de Julho, o site já está "defaced".
    Apagaram a raiz do site e a pasta das imagens.
    Ou então é o meu "Corporate Proxy" a pregar partidas.
    Mas que o endereço do domínio me dá um 404, lá isso dá !!
    -=[ "When you know Slackware you know Linux. When you know Red Hat, all you know is Red Hat" ]=-
    Bom.. (Pontos:1)
    por Goncalo em 07-07-06 22:59 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://tertuliadosnescios.blogspot.com/
    Não li o site, mas esta semana estive com um consultor da empresa Multicert, que esteve a desenvolver o ano passado uma parte da plataforma usada neste site. A informação que me chegou aos ouvidos é que este site irá futuramente, servir apenas de canal para a facturação bancária e outras similares. Como disse, não li nada sobre este novo serviço e o consultor com que estive, também não me pareceu estar por dentro de todo o processo de negócio, mas pelo que deu a entender é um serviço de "Factura Electrónica" genérico, para empresas que não possuam um.

    Não consigo imaginar é como vão obter lucros com este processo de negócio, dado que vão perder uma parte razoável da venda selos e envelopes, no entanto, poderá ser a resposta à lentidão na entrega do correio.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]