gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Intel com DRM
Contribuído por jmce em 29-05-05 0:45
do departamento metalizado
Hardware Ancestor escreve "Segundo várias fontes, a Intel anunciou o lançamento de produtos DRM-Enabled para os novos processadores dual-core e respectivos chipsets 945. Curiosamente, escusam-se a aprofundar detalhes da implementação alegando, segundo os artigos, questões de segurança. Será este mais um tiro no pé ou o início de uma nova era? O tempo o dirá -- mas parece, sem dúvida, mais um motivo a considerar para uma eventual aquisição de produtos AMD."

Violação de direitos de autor por meios informáticos | 800GB num DVD normal?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • gildot
  • Intel
  • várias
  • fontes
  • Mais acerca Hardware
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Intel? (Pontos:2)
    por 4Gr em 29-05-05 1:49 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069/blog
    O meu último Intel foi o do portátil, o Centrino (na verdade, um Pentium 4 M).

    Agora, só AMD 64bits, PowerPC e Cell!

    O que, curiosamente, levanta uma questão. Como irá reagir a Wintel ao Cell? A Microsoft está disposta a lançar o Windows para o Cell? E se não lançar, como competir com um processador claramente superior e a um preço aceitável? (que foi o motivo por Alpha ou Sparc "fracassarem" no desktop..)

    Remember: If M$ has it now, someone had it before!
    Dominus vobiscum
    Re:Intel? (Pontos:1)
    por mikexilva em 29-05-05 2:58 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Um cell a correr linux e possivelmente um win32zito engaiolado numa virtual machine com o XEN (para não fazer muitos estragos) era um bom futuro para o windows/linux/users:) referencias: XEN: http://www.cl.cam.ac.uk/Research/SRG/netos/xen/ Linux: http://www.linux.org/ Win32: 404 Not found on this server. Redirecting to: http://www.linux.org/news/2005/05/28/0001.html
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por raxx7 em 29-05-05 9:42 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    O Xen é um sistema de virtualização. Está um pouco entre o User Mode Linux e o VMWare.
    Não vais correr Windows em Xen nos tempos mais próximos porque o Xen requer que os SO sejam portados para Xen e muito menos num CELL porque o CELL é PowerPC, para o qual não há Windows nem Xen. Pelo menos por enquanto.

    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Strange em 29-05-05 11:05 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.no-ip.org/
    O kernel Linux/whatever corre em cima do monitor Xen, por isso não é directamente comparável com UML ou VMWare.

    Quanto à questão de correr Windows em Xen, na próxima geração (ou seguinte?) já vai ser possível: vanderpool da intel. A AMD também irá incorporar algo semelhante.

    Já se fizeram testes bem sucedidos de correr windows sobre xen nessa tecnologia.

    hugs
    Strange

    Re:Intel? (Pontos:3, Interessante)
    por Init em 30-05-05 1:45 GMT (#11)
    (Utilizador Info)

    Não está entre esses porque não utiliza o mesmo método que esses dois sistemas utilizam, utiliza um método que permite uma performance comprovadamente superior.

    A m$ já fez permitiu a criação de um port de window$ para xen, no entanto apenas os autores do port que é a equipa inicial do Xen é que podém correr, até porque a m$ não permite que mais ninguém o faça.

    As especificações do CELL vão ser publicadas, por isso não me espantava se aparecesse um port de Xen para CELL, para além disso a IBM está a trabalhar num port do Xen para o PowerPC.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por raxx7 em 30-05-05 19:14 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Não está entre esses porque não utiliza o mesmo método que esses dois sistemas utilizam, utiliza um método que permite uma performance comprovadamente superior.

    O VMware (que pode correr sozinho ou sobre um host OS) cria aos guest OS a ilusão de que estão a correr num PC normal. O que é complicado e lento.
    Tanto o UML como o Xen utilizam aquilo que os autores do Xen chamam de "para-virtualização": utilizam um guest OS modificado que sabe que está a correr numa máquina virtual e comunica com ele. No UML os guests OS correm sobre um kernel Linux normal, utilizando as APIs normais de Linux para comunicar com ele.
    No Xen, os guest OS correm sobrem o monitor utilizando um interface genérico e eficiente para comunicar com ele. O Xen corre sem nenhum host OS por baixo mas para aceder ao hardware, virtualiza o I/O para os guests *Linux* (pelo menos um, normalmente não mais) que depois partilham isso com os outros OS.


    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Init em 30-05-05 19:45 GMT (#28)
    (Utilizador Info)

    O VMWare utiliza uma tecnica chamada binary patching que é sempre mais lenta (se não utiliza-se tecnicas de cache poderia ser até 50% mais lento).

    O UML tem alguns problemas como o facto de correr em user mode faz com que seja menos seguro, para além disso não permite a utilização de SMP e talvez outras features, para além de que os guests dependem do host para a gestão de recurso. Também só permite utilizar Linux como guest. Também usa para-virtualização, mas mesmo assim é bastante inferior ao Xen.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 01-06-05 0:45 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    o problema é com o x86, embora os detalhes me falhem neste momento, no qual não é possível enganar um OS e dizer-lhe que está a trabalhar no nível 0 quando está noutro nível, sujeito a um outro kernel. isso ira ser resolvido nas próximas gerações da Intel e da AMD (tecnologia Vanderpool e Pacifica, respectivamente). A intal até está mais avançada.

    Muito muito interessante.
    -----
    Windows: Agora com ecrãs azuis... vermelhos...
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por raxx7 em 01-06-05 14:53 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Certo... Em teoria, poderias correr virtualizar máquinas correndo o guest no modo não priveligiado. Quando o guest executasse alguma instrução não priveligiada, gerava um trap que o hypervisor apanha e processa de forma a criar ao guest a ilusão de estar a correr em modo priveligiado num sistema real.
    Na prática, há instruções não priveligiadas (e que logo, não geram excepções) mas que seria necessário emular. Para o fazer, o VMware tem de usar a técnica mais dispendiosa de "binary patching" que o Init referiu: faz um scan de todo o código a executar à procura dessas intruções.
    Mas o x86 está longe de ser a única arquitectura com este problema. Mesmo a arquitectura dos mainframes da IBM que em tempos foi virtualizável utilizando o método de traps deixou de o ser com adição de algumas instruções. Imagino que tenham chegado à conclusão que é preferivel extender a arquitectura para suportar explicitamente hypervisors.

    Re:Intel? (Pontos:1)
    por mikexilva em 30-05-05 3:22 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Eu sei que ainda está um bocado cru, mas penso que seria viavel termos um ReactOS a correr no XEN :) pelo menos a source não é fechada ;) E assim teriamos uma solução de OS, Virtual Machine, win32 OS completamente free ;)
    Re:Intel? (Pontos:1)
    por mikexilva em 30-05-05 3:25 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Ups.. parace que falei antes de googling :) http://reactos.com/wiki/index.php/Xen_port
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por fhc em 30-05-05 8:55 GMT (#15)
    (Utilizador Info)

    Mas o REACTOS não anda meio aos caídos?

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 01-06-05 0:46 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    penso q n, têm é pouca gente. mas já têm o mínimo.
    tenho q experimentar aquilo :)
    -----
    Windows: Agora com ecrãs azuis... vermelhos...
    Re:Intel? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 29-05-05 9:58 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Mas o Cell já está no mercado ? Já tem produção em massa suficiente para satisfazer a procura (o que em si é uma contradição, já que ainda nao tem procura relevante) ? E tem preço que lhe permita atingir o mass market critico para que o eixo Wintel se preocupe com isso ?

    Enfim, as tuas questões da treta do costume...

    P.S.: Dizer que o mundo vai deixar de comprar Intel pq tem isso, é a mesma coisa que dizer que o phishing e amigos vai acabar... Os geeks esquecem-se que o mundo e o mercado tem muitos mais milhoes do que eles...

    Linux Growth in the Workplace Slowing :"The biggest reason for the slow down according is due to the hidden cost of consultants."

    OT (Pontos:0, Despropositado)
    por higuita em 30-05-05 2:25 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !

    Pronto, so' podia...alem de ser do contra, e' fanatico de futebol!! e pior, benfiquista!! 8)

    nesse caso: Vitoria de Setubal!Vitoria de Setubal!Vitoria de Setubal! Vitoria de Setubal!
    (isto apesar de nao ser do setubal e nao ligar nada ao futebol)

    Higuita

    Re:OT (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 30-05-05 15:48 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Fanático de futebol ? Parece-me que tens um problema semelhante ao Init com o significado das palavras. Entre fanático e por SLB na minha assinatura, vai uma longa distância mas pronto, a malta por aqui é especialista em inferència ;)

    Linux Growth in the Workplace Slowing :"The biggest reason for the slow down according is due to the hidden cost of consultants."
    Re:OT (Pontos:1)
    por higuita em 30-05-05 23:50 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    nao sei nao, mas qualquer pessoa que se da' ao trabalho de mudar a assinatura de um site sobre computadores para uma festa sobre futebol parece-me que leva o futebol demasiado a serio...
    mas isto e' so' a minha opiniao

    bem, fechando o off-topic, senao isto acaba por derivar ainda mais 8)
    Higuita
    Re:OT (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 31-05-05 16:09 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    O que no minimo é uma opinião incoerente, dado que não faltam assinaturas por ai, que nada tem a ver com um site sobre computadores.
    mas esta é so a minha opinião, sem fechar o off-topic ;)

    Linux Growth in the Workplace Slowing :"The biggest reason for the slow down according is due to the hidden cost of consultants."
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por 4Gr em 30-05-05 9:00 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069/blog
    SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !SLB !

    Ao menos és coerente com a tua pessoa 'tonidosimpostos' ;-)

    Remember: If M$ has it now, someone had it before!
    Dominus vobiscum
    Re:Intel? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 30-05-05 15:48 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Não é pessoa, é personagem... Burro do carai...

    Linux Growth in the Workplace Slowing :"The biggest reason for the slow down according is due to the hidden cost of consultants."
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 01-06-05 0:47 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    escreveste mal "cromo"
    -----
    Windows: Agora com ecrãs azuis... vermelhos...
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 01-06-05 0:49 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    presumo q a XBOX2 e PS3 sejam vendidas em grande número, por isso diria q vão atingir a produção e o preço certos.
    -----
    Windows: Agora com ecrãs azuis... vermelhos...
    Re:Intel? (Pontos:2)
    por Init em 30-05-05 1:37 GMT (#10)
    (Utilizador Info)

    A AMD vai fazer o mesmo, alias até faz parte do grupo do TCPA, tal e qual quase todos os grandes desta industria...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Trusted Computing Group (Pontos:3, Interessante)
    por raxx7 em 29-05-05 2:25 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    Segundo este press release o tal sistema sobre o qual a Intel não quer falar é um TPM. O que é estranho, uma vez que a especificação é aberta.

    De qualquer forma, a questão de deixar de comprar Intel é irrelevante. A especificação exige que o TPM venha desligado por omissão e o seu uso seja opcional. Além de requerer suporte por parte do software, claro.
    O importante é que isto marca a entrada do trusted computing no mainstream.


    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por Init em 30-05-05 11:49 GMT (#18)
    (Utilizador Info)

    De qualquer forma, a questão de deixar de comprar Intel é irrelevante.

    De uma pessoa isoladamente é! Se houver muitos consumidores a fazer o mesmo, deixa de ser.

    A especificação exige que o TPM venha desligado por omissão e o seu uso seja opcional.

    Além de requerer suporte por parte do software, claro.

    És daqueles que acredita que a industria de entretenimento não vai fazer com que isto se torne um standard de facto, e que num futuro a médio prazo não tenhamos que utilizar isto para quase tudo na Internet?
    Isto é um pouco como o SWF, o internet exploder e o m$n, "todos" usam porque é necessário para aceder a determinados sites e porque todos usam e por isso é a única forma de comunicar com os amigos. Quem não utilizar vai acabar fora do estilo de vida digital por isso o facto de não vir ligado por omissão e de o software ter de suportar isto é irrelevante pois para além de termos que acabar para o ligar para estarmos efectivamente na Internet e na WWW, a especificação pode não ser cumprida e por isso vir ligado por omissão, o vendedor pode ter ligado por nós (forçam a aceitação as licenças dos sistemas pré-instalados não aceitando a devolução dos sistemas quando o consumidor não aceita a licença, por isso não vejo razão para que não façam isto), os grandes fabricantes vão todos suportar isto porque é conveniente para eles,fazendo com que seja quase ou mesmo obrigatório de facto para muitos pequenos fazer o mesmo pelo menos em muitos casos, pois não se pódem isolar do mercado.

    O importante é que isto marca a entrada do trusted computing no mainstream.

    O que é assustador tendo em conta que os consumidores não dão sinais de preocupação de verem o controlo do seu computador retirado pelos fabricantes.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por raxx7 em 30-05-05 18:07 GMT (#24)
    (Utilizador Info)

    Inferes demasiado sobre o que escrevi.
    Apenas pretendia dizer que se o TC se tornar uma necessidade efectiva, não vais ter grandes hipóteses a não ser comprar uma plataforma com TC, Intel ou não. Se não se tornar, o facto de estar ali não é grande preocupação.

    Quanto àquilo em que acredito:
    Acredito que a Intel, AMD, IBM, MS e cª sabem bem o que é que lhes dá dinheiro e estejam muito pouco interessados em DRM.
    Duvido que a plataforma TC possa ser utilizada para um sistema de DRM que seja eficaz e não dê com os utilizadores em doidos.
    Duvido que a indústria cinematrogáfica e discográfica esteja preparada para comercializar apenas materiais para essa plataforma (leia-se: esqueçam os discos, seria tudo on-line).


    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por Init em 30-05-05 18:30 GMT (#25)
    (Utilizador Info)

    Apenas pretendia dizer que se o TC se tornar uma necessidade efectiva, não vais ter grandes hipóteses a não ser comprar uma plataforma com TC, Intel ou não. Se não se tornar, o facto de estar ali não é grande preocupação.

    Os criadores de conteúdos vão criar essa necessidade, alias o trusted computing só existe porque interessa aos criadores de conteúdos.

    Acredito que a Intel, AMD, IBM, MS e cª sabem bem o que é que lhes dá dinheiro e estejam muito pouco interessados em DRM.

    Se não estivessem interessadas não criariam essas tecnologias.
    Essas empresas estão empenhadas em criar todas as condições que entidades como RIAA, MPAA, B$A, achem que são as condições convenientes, para realizarem os seus negócios, porque sabém muito bem que o crescimento mercado deles depende dos membros dessas organizações e do empenho deles no estilo de vida digital.

    Duvido que a plataforma TC possa ser utilizada para um sistema de DRM que seja eficaz e não dê com os utilizadores em doidos.

    Eu acho que os utilizadores já estão doidos e é por isso que vão aceitar isso.

    Duvido que a indústria cinematrogáfica e discográfica esteja preparada para comercializar apenas materiais para essa plataforma (leia-se: esqueçam os discos, seria tudo on-line).

    Utilizar TC, não implica utilizar apenas negócios on-line, implica apenas utilizar hardware e software compativel. E sim acredito que assim que o TC começar a ser suportado pela m$ ele vai tornar-se comum.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por raxx7 em 30-05-05 19:30 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Alguma vez te passou pela cabeça que possa haver outras aplicações para o TC?
    E as empresas de conteúdos não têm que ter "interesse no estilo de vida digital". Eles podem ter sonhos húmidos com DRM mas, com ou sem DRM, não têm alternativa. É andar para a frente ou morrer. Ou achas que vão voltar à fita magnética se não tiverem DRM?
    E já agora, explica lá como aplicas o TC para evitar copiar um futuro DVD DRM-enabled com mais sucesso do que fazes com os actuais..

    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por Init em 30-05-05 19:55 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    Alguma vez te passou pela cabeça que possa haver outras aplicações para o TC?

    Claro que já. Mas só acredito na sua viabilidade se forem os utilizadores a controlar tudo isto, e não é isso que acredito que vá acontecer.

    E as empresas de conteúdos não têm que ter "interesse no estilo de vida digital".

    Mas têm, porque representa duas coisas, a salvação da extinção a longo prazo, e o aumento de lucros de uma forma fenomenal.

    Eles podem ter sonhos húmidos com DRM mas, com ou sem DRM, não têm alternativa. É andar para a frente ou morrer. Ou achas que vão voltar à fita magnética se não tiverem DRM?

    Eu sei disso, mas quem dita as regras são eles, não é a industria de software, nem de hardware, porque eles têm muito mais influência e têm a capacidade de impor o DRM, alias se olhares bem à volta já cá está, está a entrar devagar para não dar nas vistas, mas as pessoas já aceitam no window$ media, no ipod, etc, etc...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por raxx7 em 30-05-05 20:48 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Claro que já. Mas só acredito na sua viabilidade se forem os utilizadores a controlar tudo isto, e não é isso que acredito que vá acontecer.

    O que é que os donos das máquinas têm que controlar para teres outras aplicações que não controlam?
    Já agora, alguma vez passaste os olhos pela documentação do TCG?

    Mas têm, porque representa duas coisas, a salvação da extinção a longo prazo, e o aumento de lucros de uma forma fenomenal.

    Ou seja, como eu tinha escrito à frente: não têm alternativa, com ou sem DRM, senão ir em frente.

    Eu sei disso, mas quem dita as regras são eles, não é a industria de software, nem de hardware, porque eles têm muito mais influência e têm a capacidade de impor o DRM, alias se olhares bem à volta já cá está, está a entrar devagar para não dar nas vistas, mas as pessoas já aceitam no window$ media, no ipod, etc, etc...

    A MS tem DRM na *sua plataforma de media* porque a quer vender aos produtores de conteúdo. A Apple tem DRM no iPod porque quer comprar e vender conteúdos. E iPods. Mas honestamente, não consigo ver o que é Intel, AMD, HP, IBM, Sun ou até a MS ganham em por uma plataforma, ainda por cima aberta, de DRM em todos os PCs do mundo, à espera que se torne imprescindivel num futuro muito distante. Eles não andam cá para dar dinheiro a ganhar às discográficas. Porque se haviam de mexer sequer nesse sentido? Para mais, arriscando-se a comprometer a popularidade do PC. É que as pessoas gastam 1000 EUR num PC porque querem um PC e não uma consola.


    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por Init em 02-06-05 11:07 GMT (#46)
    (Utilizador Info)

    O que é que os donos das máquinas têm que controlar para teres outras aplicações que não controlam?

    Não percebi a tua frase. Quando falei em controlo foi porque a respeito do trusted computing existe uma questão de se poder controlar completamente o mercado caso haja uma adopção considerável por parte dos consumidores. Quem conseguir controlar o processo de certeficação controlará o mercado e apesár de na especificação estár escrito que qualquer um pode ser uma autoridade de certeficação, eu tenho sérias duvidas sobre se é isso mesmo que vai acontecer na prática. Consigo fácilmente ver a m$ a criar extenções ao para por exemplo poder excluir a concorrência como por exemplo o Software Livre por não o considerar seguro, independentemente da vontade do utilizador.

    Ou seja, como eu tinha escrito à frente: não têm alternativa, com ou sem DRM, senão ir em frente.

    Isso é irrelevante porque são eles que controlam de facto como é que isto vai acontecer, visto que os utilizadores à muito que se demitiram da escolha. A industria de software de de hardware precisa dos conteúdos e por isso está e vai fazer tudo o que eles quiserem.

    Mas honestamente, não consigo ver o que é Intel, AMD, HP, IBM, Sun ou até a MS ganham em por uma plataforma, ainda por cima aberta, de DRM em todos os PCs do mundo, à espera que se torne imprescindivel num futuro muito distante.

    A especificação de aberta tem pouco, para além disso como sabes, aberta não significa livre, para além disso as especificações podem ser abertas mas podes querer que todas essas empresas têm a ganhar ao fazerem parte do grupo que define que define a especificação.

    Os conteúdos multi-media são o futuro, ou pelo menos uma grande parte dele, e a Intel não pode ficar de fora disso, e como a Intel não pode estár fora a AMD também não pode, e os outros não pódem estár fora porque a Intel, AMD e m$ não estão fora.
    Istão não só é uma questão de querer estár dentro, é também uma questão de não poder estár fora.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por raxx7 em 02-06-05 14:09 GMT (#47)
    (Utilizador Info)

    Respondendo a cada um dos teus parágrafos:

    Quanto a extensões, vamos lá com calma. O coração do TC é o hardware, que a MS nem sequer fabrica quanto mais dominar o mercado. Logo, ai não deverá haver surpresas. Ao nivel do software, é mais que certo que apareçam soluções fechadas com base no TC.
    Finalmente, em que tipo de certificação estás a pensar e em como é que isso afecta o software livre?

    A especificação não é, de facto, livre mas tem termos que eles chamam "não discriminatórios". Explicando melhor a minha linha de pensamento com um exemplo contrário: a plataforma Windows Media tem DRM e é fechada, o que constitui uma vantagem comercial para a MS porque lhes permite apresentar soluções exclusivas aos produtores de conteúdos que os querem proteger. O TC é suficientemente aberto para ser utilizado por várias empresas concorrentes. Não sendo (o DRM) algo que quem compra os PCs valoriza imediatamente, não vejo grande interesse.

    É verdade que a indústria de hardware & software precisa de conteúdos porque as pessoas não compram o PC só para trabalhar e enfeitar a sala. Mas, há dinheiro para ser ganho na indústria de conteúdos com ou sem DRM. Logo, a indústria de conteúdos não vai deixar de fazer conteúdos se não houver DRM, por mais que apregoem os contrário.
    Nada menos que a Intel & cª estarem a considerar entrar no negócio dos conteúdos lhes trás vantagens em promover DRM.


    Re:Trusted Computing Group (Pontos:2)
    por raxx7 em 05-06-05 13:13 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    or not..
    Uma pesquisa rápida leva-me a concluir que o TPM estará presente nalguns modelos de motherboard baseados no chipset 945 mas não é parte do chipset (ou do CPU) em si. Isto não é novo, a Intel, IBM, Dell e outros já colocam TPMs nalguns modelos à alguns anos.

    Não havia necessidade!... (Pontos:1)
    por Lameiro em 29-05-05 12:07 GMT (#7)
    (Utilizador Info) mailto:lameiro[at]fastmail[dot]fm
    Gostei desta afirmação:
    "We all know our [operating system] friends don't crash that often, but it does happen," Tucker said.

    -=[ Rui Lameiro ]=-
    DRM-Enabled Everywhere (Pontos:2)
    por blacksheep em 29-05-05 15:29 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    mais um motivo a considerar para uma eventual aquisição de produtos AMD.

    Uh? A AMD também vai certamente aderir ao DRM, caso contrário não vai poder correr software trusted e aí fica mesmo fora da corrida. Idem aspas para PPC e whatever.

    Como utilizador, o que não me agrada nestes chips é a cena de alguém poder formatar-me as drives ou forçar uma aplicações a correr remotamente. Quanto ao DRM, só usas aplicações e abres ficheiros Trusted se quiseres, e a sua activação é voluntária. Má notícia para quem gosta de usar software pirata. Não sei bem como funciona quanto a CDs de música, mas se não os poder rippar pura e simplesmenta não compro CDs protegidos com essas merdas, como aliás tenho feito. Idem aspas para websites trusted.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:DRM-Enabled Everywhere (Pontos:2)
    por Cyclops em 29-05-05 20:08 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Quanto ao DRM, só usas aplicações e abres ficheiros Trusted se quiseres, e a sua activação é voluntária.
    Há uma referência qualquer por aí que isto é independente do sistema operativo... eu cá por mim se puder não ter um pingo de "Treacherous" Computing Platform no meu PC ficarei bem mais descansado. Sei lá o que "Treacherous" Computing estará o meu PC a fazer... brrrr
    Re:DRM-Enabled Everywhere (Pontos:2)
    por Init em 30-05-05 11:52 GMT (#19)
    (Utilizador Info)

    Quanto ao DRM, só usas aplicações e abres ficheiros Trusted se quiseres, e a sua activação é voluntária.

    Quando se tornar um standard de facto e praticamente a única forma de aceder a conteúdos e realizar negócios electrónicamente essa liberdade de escolha desaparece, pois se não escolheres usár és simplesmente excluido do estilo de vida digital e práticamente da Internet.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:1)
    por rnbc em 30-05-05 10:23 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Tomara nós que deixe de ser fácil piratear software. Isso ia ser uma grande ajuda para o movimento opensource.

    Entretanto duvido sinceramente que seja o caso.

    Querem plataformas mais "trusted" que uma PS2 ou uma X/Box? E há milhentas formas de por aquilo a correr software pirata.

    Estes gajos fazem-me rir com o trusted computing... nem um mini conseguem fazer, e já querem construir o próximo ferrari.
    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por fhc em 31-05-05 8:43 GMT (#32)
    (Utilizador Info)

    Estamos a falar em o motor de autorização estar num chip. Não o podes abrir e dali extrair as chaves privadas.

    De resto, que venga el DRM. Talvez assim todos os programas livres deixem de ser vistos como uma não escolha.

    Francisco Colaço

    P. S.: O que faz o adobe photoshop que o gimp não faça, pelo menos para quem não trabalha intensivamente em design gráfico? E mesmo até para quem trabalha?


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por raxx7 em 31-05-05 13:40 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Pelo que ouço, a queixa número costuma ser: falta de suporte para trabalhar em CMYK.

    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por blacksheep em 31-05-05 19:25 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    O Gimp 2 já não suporte para isso ou falta alguma coisa?

    O meu principal problema com o Gimp é mesmo a interface. Tem coisas demais como o atalho para linhas com o Shift e os scripts bem integrados. Mas a interface é horrível. Se implementassem algo tipo QextMDI de forma a permitir que os utilizadores usassem o modelo MDI que preferissem é que faziam bem.
    E agora com o novo diálogo de Gravar que parece feito para inválidos mentais... Bah.

    Tenho esperança que o Krita traga finalmente um editor de imagens de pixeis que alie uma interface fácil de usar a uma aplicação poderosa.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por raxx7 em 31-05-05 19:49 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Continuo a só ver RGB e grayscale.
    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por Init em 01-06-05 11:36 GMT (#43)
    (Utilizador Info)

    Mas ele tem suporte, para isso desde o 2.0. Se calhar devias era ler o manual...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por raxx7 em 01-06-05 15:25 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    O que encontro é um color picker em CMYK e um plugin para decompor as imagens em CMYK. Mas o que as pessoas pretendem é poder trabalhar as imagens em CMYK para evitar surpresas desagradáveis ao passar do monitor para o papel.

    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:1)
    por bernie em 30-05-05 16:12 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    O opensource precisaria que não houvesse pirataria para vingar.

    Vitória! Vitória! Vitória! Vitória! Vitória! Vitória!

    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 31-05-05 16:11 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Adoraria que demonstrasses e provasses essa relação...

    Linux Growth in the Workplace Slowing :"The biggest reason for the slow down according is due to the hidden cost of consultants."
    Re:Isto é uma vantagem para o OpenSource (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 01-06-05 0:51 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    acho q o teu QI não ia lá.
    -----
    Windows: Agora com ecrãs azuis... vermelhos...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]