gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Petição para Half-Life 2 no linux
Contribuído por npf em 08-08-03 15:34
do departamento games
Jogos Uranus escreve "Está a decorrer neste momento uma petição para chamar à atenção os developers da Valve para o sistema operativo Linux. Embora pessoalmente ache que já é muito tarde no desenvolvimento para mudarem para Opengl, não deixa de ser uma boa oportunidade para mostrarmos que vale a pena uma port para o linux! O autor do website tenciona enviar a petição quando chegar a um número considerável (em princípio, 5000 assinaturas) "

Revolution OS | Jboss vai obter certificação J2EE  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Uranus
  • petição
  • Mais acerca Jogos
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Dola (Pontos:5, Esclarecedor)
    por Psiwar em 08-08-03 18:04 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Se chegar a 5000 pré-encomendas do Half Life 2 para Linux, aí sim... talvez eles pensem 2 vezes. :P
    se nao portaram o halflife 1 em 4 anos (Pontos:3, Informativo)
    por racme em 08-08-03 18:37 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.linuxjournal.com/
    que se baseava no motor do quake1 agora GPLed, quanto mais o halflife 2.
    Sinceramente a Valve pouco se importou alguma vez se o jogo corria ou nao em linux, ate pelo simples facto de so agora, ha coisa de uns messes para ca ser possivel correr CS com winex em modo cliente e tudo por obra e graca dos progamadores da transgamming.

    Mas mais me preocuparia, se o Quake4 estivesse em duvida se seria multiplataforma ou nao. Se a RAven estivese a ponderar ou nao se iria portar simultaneamente para windows e para Linux a sequela da saga Quake. O de facto standard dos jogos Online e poder-se-a afirmar dos JOGOS de Computador.

    Mas sabendo que a Raven esta no Quake4 outsourced pela ID, e sabendo a tradicao desta no apoio do conceito multiplataforma e depois de ouvir o Sir John Cormack falar no assunto e em escolher seguir com o cada vez mais standard Opengl 2 para o motor do novo DOOM III todas as preocupacoes desaparecem.
    Para MACosX ja nao me preocupo tanto, pois baseando/se em bsd e para placas nvidia, apanha por tabela. E sabendo o suporte da Apple ao opengl com a passagem de todo o rendering incluindo o GUI 2d a incluir na nova versao do MacOSX Jaguar. Sem duvida OpenGL its the way to go!


    Make World; Not War;
    Re:se nao portaram o halflife 1 em 4 anos (Pontos:1)
    por jamaica em 08-08-03 20:07 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://latencias.pt.vu
    bem.. pelo menos nisso a Epic pensa nos Linuxers, pois o ut2k3 saiu já com um port para Linux :)

    bem, mas é só mesmo nisso, pq o Mark Rein e seus camaradas andam a estragar completamente o jogo. o_O enfim..
    ---------------------
    The worst moment for the atheist is when he is really thankful and has nobody to thank. Dante Rossetti

    Re:se nao portaram o halflife 1 em 4 anos (Pontos:2)
    por BlueRibbon em 09-08-03 2:30 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Ainda não joguei o UT2003, só o UT, mas o que se passa com o 2003 para que digas que o andam a estragar?

    KISS - Keep It Simple, Stupid!

    Re:se nao portaram o halflife 1 em 4 anos (Pontos:2)
    por racme em 09-08-03 4:52 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.linuxjournal.com/
    por alguma razao ja anunciaram o ut2004...


    Make World; Not War;
    Re:se nao portaram o halflife 1 em 4 anos (Pontos:1)
    por Uranus em 09-08-03 12:18 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://uranus.urbanterrorpt.net
    Já aceitam pre-orders po DOOM III no tuxgames.com :)
    claro k vai sair pa linux! (espero eu)
    Re:se nao portaram o halflife 1 em 4 anos (Pontos:2)
    por racme em 09-08-03 13:03 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.linuxjournal.com/
    dentro de 5 dias, ha ppl com muita sorte mesmo

    “What better way to celebrate QuakeCon than to unveil to our fans a preview of DOOM 3 multiplayer,” said Todd Hollenshead, CEO, id Software. “While everyone knows that DOOM 3 is the most terrifying and scary single player experience ever created, multiplayer delivers the intense competitive action that our fans can count on. It’s a natural to debut the DOOM 3 multiplayer experience at QuakeCon, the world’s preeminent fan-based multiplayer gaming event.”

    QuakeCon attendees will have the chance to play DOOM 3’s four-player Deathmatch on a level co-developed by id Software and U.K.-based developer Splash Damage, Ltd. Splash Damage has most recently worked with id Software on Wolfenstein: Enemy Territory, and will be co-developing DOOM 3’s multiplayer levels.


    eles apontam o Doom3 para o inicio do ano de 2004 e o Quake4 pro ano fiscal de 2005 ie, entre abril e junho de 2004.
    by the way, sai hoje, dia 9 Agosto o tao esperado UrbanTerror 3, com versao para linux, como e' obvio :)


    Make World; Not War;
    favorite games (Pontos:2)
    por ruben dig em 08-08-03 23:39 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.floppy.com.pt
    frozen bubble !
    pysol
    dcom :)
    Jogos em Linux.. (Pontos:2, Interessante)
    por 4Gr em 09-08-03 14:42 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Não é por gostar mais de Linux, mas garanto-vos que na minha máquina o RTCW ET corre melhor em Linux do que em Windows :-)

    Felizmente as empresas começam a preocupar-se com aquilo que dantes era uma minoria - os "freaks" de Linux - e começa a vê-los como potenciais clientes.

    Para já não se pode exigir a source code do Half Life 2, mas se for feita uma versão para Linux, eu já ficaria muitíssimo contento!


    ---------------------
    O meu maior inimigo ofereceu-me uma cópia do Windows pelo Natal...
    Petições Online (Pontos:1)
    por von em 11-08-03 10:57 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    As "petições online" ainda estão para convencer muita gente. Já geri uma petição online e o que se verificava era que muitas pessoas chegavam ao formulário e começavam a inventar nomes. E algumas nem inventavam nomes completos, metiam só um primeiro nome e siga. E a piada era que se topava logo porque quando se encontravam "10" assinaturas seguidas, todas apenas com um primeiro nome, às vezes todas a iniciar com letra minuscula, no mínimo era estranho e dava logo que pensar que seriam as mesmas pessoas. Em alguns casos as pessoas até metiam nicks (conjuntos de caracteres estranhos demais para serem nomes :p).

    É fácil demais inserir vários registos, o que altera completamente o significado e a expressão da petição. E este é, e será por alguns tempos (se calhar sempre), o problema das petições online. Não há, normalmente, uma identificação claramente única das pessoas (p.e.: BI). Numa petição de rua, poderiam pedir às pessoas para mostrar o BI e assim elas não poderiam inventar um. Numa petição de net, se houver p.e. uma validação de email, uma pessoa pode criar várias contas de email e assinar várias vezes a petição. Se meterem um cookie, apago o cookie ou vou à máquina de um amigo, etc, etc.

    Se fossem de uma empresa e fosse criada uma petição deste género, na net, sobre um produto vosso, que importância dariam aos dados (número de assinaturas) da petição?

    Quanto a estas questões de se portar jogos para Linux, será que a Loki não deixou as suas marcas no mercado? Não haverá muita gente desconfiada com o eventual retorno do investimento? Acho que sim. E para o mudar a única maneira é mostrar que há quem esteja disposto a comprar jogos para Linux, e uma forma de o fazer... é comprar os produtos que já existem.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]