gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
ONI paga e PT dá chamadas de borla
Contribuído por vd em 07-03-03 10:33
do departamento e-assim-acontece
telecom Segundo o Semanário Económico (SE), o Ministro da Economia (ME) diz que quem vai suportar os encargos da empresa assumidos no âmbito da sociedade de informação, é a ONI! [Continua no Desenvolvimento (1)]

Por sua vez o Jornal de Noticias (JN) refere que a PT Comunicações dá borla para todo o país e a Novis lança o TeleDesconto oferecendo aos clientes vales que podem ser trocados nos supermercados do Grupo Sonae. [Também continua (2)]

Oni (1)
O SE afirma que a resposta do ME resume-se à reafirmação da necessidade de serem cumpridos os projectos da Oniway já contratados para desenvolver a Sociedade de Informação e dá liberdade aos intervenientes do negócio para decidirem quem pagará esse custo. O valor detectado pelo Governo é de 25 milhões de euros, que é o montante assumido para a criação de uma Fundação para a Sociedade da Informação.

"Recorde-se que no âmbito da revogação da licença de UMTS da Oniway e da consequente atribuição das frequências adicionais aos operadores TMN, Vodafone e Optimus, o Ministério da Economia produziu um despacho (13 de Fevereiro) onde afirmava que tendo em conta "os projectos assumidos pelos operadores nas propostas apresentadas no âmbito do concurso para a atribuição da licença de UMTS, visando o desenvolvimento da Sociedade de Informação. Também neste contexto se conclui que a atribuição do espectro adicional deveria garantir a execução dos projectos já contratados, bem como o contributo dos três operadores em causa, em termos proporcionais, para os projectos que venham a ser considerados necessários pelo Governo". Esta afirmação pôs os operadores de sobreaviso, já que não contavam investir mais do que o que ficou estipulado no acordo assinado entre os três operadores para a aquisição da Oniway e respectivos activos."

A mesma noticia faz referência a um provável aumento de capital da ONI.
"A administração da Oni apresentou recentemente aos accionistas um novo Business Plan, o que pode implicar um aumento de capital da empresa. O BCP (22,8%), á Brisa (77%) e a Galp (4,2%) encontram-se neste momento a analisar se acompanham ou não um eventual aumento de capital. Mas a probabilidade destes accionistas investirem mais na Oni não é muito alta. O BCP já se manifestou desagradado com a política do Governo para o sector energético e portanto espera-se um afastamento em relação ao Grupo EDP de quem se considerava parceiro estratégica A Brisa, segundo soubemos, também se prepara para não acompanhar o reforço de capital da Oni o mesmo se passa com a Galp."

PT Comunicações (2)
"Fazer chamadas da rede fixa no próximo domingo para qualquer ponto do país vai ser de borla. Com este "presente" aos seus mais de quatro milhões de clientes residenciais, a PT Comunicações (PTC) pretende mostrar que a reinvenção do negócio da rede fixa é um processo que não vai parar. A empresa não avança previsões sobre os custos desta iniciativa inédita, mas faz notar que ficará mais barata do que uma campanha de marketing."

Por sua vez a Novis, "decidiu avançar com o TeleDesconto, uma iniciativa que promete chamadas ao mesmo preço das da empresa do Grupo PT e que, além disso, oferece um desconto de 15% sobre o total da factura. Esse desconto é depois transformado num vale, quando atinge um mínimo de cinco euros, que pode ser descontado em compras no Modelo ou no Continente."

Aurora: novo fôlego para o Programa Espacial Europeu | Novos limites do Sapo ADSL (A saga continua...)  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca telecom
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Na compra de dois... (Pontos:4, Engraçado)
    por vd em 07-03-03 11:22 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Pois é, qualquer dia ao consumir uma simples chamada local, estamos habilitados a ganhar um magnifico descapotável última geração ou uma semana de férias no algarve.

    No cúmulo da coisa dão um cabaz de compras aos senhores (ou dois garrafões de azeite) e às senhoras uns lindos bordados em arraiolos.

    vd
    Re:Na compra de dois... (Pontos:2, Gozão)
    por bgravato em 07-03-03 14:01 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    E presuntos? Eu queria um presunto...


    Re:Na compra de dois... (Pontos:2)
    por ^S^ em 07-03-03 15:43 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.zbit.pt/~luis
    pata preta?
    :-)
    ^S^
    Re:Na compra de dois... (Pontos:2, Informativo)
    por Dante em 07-03-03 18:17 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    é pata negra...
    Re:Na compra de dois... (Pontos:3, Engraçado)
    por André Simões em 07-03-03 18:28 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Não posso ficar antes com os tapete de arraiaolos? Alguém quer trocar?

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:Na compra de dois... (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 08-03-03 12:15 GMT (#21)
    Quem moderou isto como gozao e' muito burrinho, desculpem que diga. O conceito de ironia, aparentemente, e' completamente alheio nestas bandas. So' uma pista, em Arraiolos sao famosos os tapetes, nao os bordados. Se querem bordados vao a Felgueiras, ou a Leiria.
    Re:Na compra de dois... (Pontos:2)
    por vd em 08-03-03 16:27 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    O conceito de ironia, aparentemente, e' completamente alheio nestas bandas.

    Estás tu a afirmar e estou eu a ler neste teu post.

    Caso vossa Exa. não saiba, o trabalho de "bordar" não se cinge apenas aos "bordados" propriamente dito, pelo que um tapete de arraiolos terá de ser obrigatóriamente bordado - "trabalho de agulha, feito manualmente ou à máquina, sobre um motivo desenhado num tecido ou tela" - a não ser que eu últimamente não ande suficientemente informado, por não andar muito na moda e nas compras desses artigos regionais...

    vd
    Re:Na compra de dois... (Pontos:1)
    por lbruno em 08-03-03 17:17 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://www.panix.com/~tbetz/boulder.shtml
    bordado
    trabalho de agulha, feito manualmente ou à máquina, sobre um motivo desenhado num tecido ou tela
    vd, da proxima faz logout e entra como CO, para nao dares cabo do disfarce.
    Re:Na compra de dois... (Pontos:2)
    por vd em 08-03-03 19:49 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    tá! vou ter isso em consideração..

    vd
    Re:Na compra de dois... (Pontos:2)
    por vd em 08-03-03 20:00 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    Como é que é feito um tapete ?
    Do ar não é feito e o seu "bordar" tem técnica - o famoso ponto de arraiolos.

    Claro que a D. Maria da Esquina pode fazer bordados em Arraiolos

    Pode! Como eu também posso fazer um queijo da Serra, contudo o que me leva a comprar um tapete de arraiolos original é a sua certificação - vide.

    Como o texto bem ilustra "Mas, de há uns tempos para cá o mercado português foi invadido por tapetes falsificados, provenientes de Marrocos, China e outras regiões de Portugal, o que tem criado alguns problemas à região. A certificação dos tapetes de Arraiolos parece ser a única forma de terminar com as imitações."

    Sendo mais terra-à-terra para ti, sim, qualquer um pode aprender o ponto de arraiolos (Tapetes de Arraiolos feitos em Maputo").

    vd
    Re:Com tanto lucro podem dar-se ao luxo... (Pontos:3, Informativo)
    por cgd em 07-03-03 15:40 GMT (#4)
    (Utilizador Info)

    Sim, foi de 27,2%. Mas também deves ter lido que esse aumento foi "fruto de uma redução de custos, investimentos e dívida"... Ou seja: boa gestão.


    -- carlos

    Re:As contas do Diário Económico. (Pontos:4, Informativo)
    por cgd em 07-03-03 16:25 GMT (#10)
    (Utilizador Info)

    Se a soma das percentagens dos donos já soma 104% pq fazer aumento de capital ? :)

    Ok. O prémio de "train-spotting of the day" hoje vai para ti.

    A Brisa não tem 77% do capital social da Oni. O maior accionista é a EDP. A Brisa tem na realidade 17%. Se somares os valores vês que faltam lá 56% que é a percentagem detida pela EDP.


    -- carlos

    Re:para que raio... (Pontos:2)
    por André Simões em 07-03-03 17:29 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Se calhar devias saber o número do telefone fixo deles. É que sai muito mais barato.

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:para que raio... (Pontos:1)
    por sab em 07-03-03 17:58 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://virtual.inesc.pt/~sab/
    Se calhar não é ele que paga!
    Re:para que raio... (Pontos:2)
    por André Simões em 07-03-03 18:25 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    Pois, para preferir usar o telemóvel ao fixo, só mesmo não sendo ele a pagar (estou a partir do princípio de que uma chamada para os amigos é uma chamada local).

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:para que raio... (Pontos:2)
    por pmsac em 07-03-03 18:37 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://2130706433/
    Depende de vários factores, como por exemplo o número de minutos/mês que gastas e o facto de não pagares assinatura em diversas modalidades (ao contrário do telefone fixo).

    -- pmsac.oO(Cogito sumere potum alterum)
    Re:para que raio... (Pontos:2)
    por André Simões em 08-03-03 15:52 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://hesperion.catus.net
    A questão da assinatura é importante sim, mas o preço da chamada não me parece nada competitivo. Por exemplo: eu tenho fixo e telele, com utilizações equivalentes (poucas chamadas de fixo em casa, menos ainda de telele no trabalho). Pago por mês cerca de 30 euros de fixo, já com assinatura incluída, e faço no mínimo 40 euros de carregamentos de telele. E isto porque não falou muito de cada vez, e portanto a chamada de fixo fica quase ao mesmo preço da de telele por causa da taxa de activação ilegal mascarada de crédito inicial. Se falasse mais tempo por chamada, então o fixo tornar-se-ia incomparavelmente mais barato.
    Mas sim, depende de vários factores, e eu ressalvei logo a condição de os amigos viverem na mesma terra. Se forem chamadas nacionais aí creio que o telele sai mais barato.

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:As contas do Diário Económico. (Pontos:1)
    por mar_ori em 07-03-03 20:08 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Isso das contas de "sumir" foi de propósito?
    Re:Internet gratis ao domingo? Eu queria dizer... (Pontos:1, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 08-03-03 12:16 GMT (#22)
    Errr... nao! Chamads de voz != chamadas de dados.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]